Está aqui

Está aqui

  • O Projeto de Música de Assuão - Workshops-piloto: Assuão Ocidental, Iqlit e Selwa - 12 a 22 de maio de 2017.
    AKMI
Reavivar a Cultura e as Artes em Assuão

O Projeto de Música de Assuão

Workshops-piloto: Assuão Ocidental, Iqlit e Selwa - 12 a 22 de maio de 2017

Assuão, Egito, 16 maio de 2017 - Artistas e especialistas em desenvolvimento cultural irão reunir-se em Assuão entre 12 e 22 de maio de 2017 para apresentar uma série de workshops de música e artes que irão constituir a primeira fase do recém-criado Projeto de Música de Assuão. Concebido pela Iniciativa Aga Khan para a Música e pela Fundação Aga Khan, em parceria com a Fundação Om Habibeh, o Projeto de Música de Assuão visa aproveitar o enorme poder da educação musical e artística para mobilizar e ligar as comunidades, procurando uma integração social e um pluralismo mais fortes, enquanto celebra a riqueza e diversidade do património cultural de Assuão.

A primeira série de workshops será orientada por Salam Yousry, um artista de múltiplos talentos, professor e arranjador residente no Cairo. Ele vai trabalhar em parceria com muitos músicos de Assuão em Oud e Duff. A primeira série será composta por três dias de trabalho e ensaios nas aldeias de Iqlit, Selwa e Gharb Aswan.

Os workshops são projetadas para incluir sessões educacionais em creches, sessões de formação de professores e de adaptação de métodos de educação musical contemporânea à formação na primeira infância. Os workshops irão incluir sessões para crianças e pais, assim como para artistas profissionais e amadores, de modo a incentivar a prática regular atualizada pelos métodos de formação inovadores.

A posição de Assuão enquanto centro de inovação artística e cultural foi enfraquecida pelo êxodo de artistas para a capital, assim como pelo declínio do turismo na região. Este projeto musical em Assuão visa promover a participação musical, o desenvolvimento musical e a continuidade cultural, incentivando o interesse pelo património artístico tradicional de Assuão, especialmente através da formação musical de professores, crianças e jovens. Desta forma, o projeto procura reavivar de forma sustentável as artes do espetáculo em Assuão, aumentando a coesão social e gerando novas possibilidades de futuros empregos no sector do turismo.

O Projeto de Música de Assuão é comissionado pela Iniciativa Aga Khan para a Música e desenvolvido em parceria com a Fundação Aga Khan (Egito), a Fundação Om Habibeh e a Universidade de Alberta, no Canadá.

NOTAS

A Iniciativa Aga Khan para a Música (AKMI): é um programa inter-regional de educação musical e artística com atividades de espetáculos, divulgação, orientação e produção artística por todo o mundo. A Iniciativa foi lançada por Sua Alteza o Aga Khan para apoiar músicos talentosos e formadores musicais que trabalham para preservar, transmitir e desenvolver o seu património musical em formatos contemporâneos. A Iniciativa para a Música iniciou o seu trabalho na Ásia Central com projetos na Ásia Central, tendo subsequentemente expandido as suas atividades de desenvolvimento cultural para incluir comunidades artísticas e públicos no Médio Oriente, Norte de África, Sul da Ásia e África Ocidental.

A Fundação Aga Khan Egito (AKDN): Os programas da AKDN no Egito vão desde o desenvolvimento do Parque Azhar de 30 hectares no centro histórico do Cairo até à educação e desenvolvimento rural em Assuão. O projeto do Parque Al Azhar vai para além do parque em si, abrangendo as áreas da formação profissional, incluindo competências em restauração e carpintaria. Na área de desenvolvimento rural, a AKDN promove práticas agrícolas boas para o ambiente e ajuda os agricultores a gerar rendimentos extra. Na área da educação, a AKDN apoia o desenvolvimento da primeira infância e a educação continuada em Assuão. Os programas de microfinanciamento oferecem uma gama de produtos financeiros que apoiam o desenvolvimento de micro, pequenas e médias empresas.

A Fundação Om Habibeh (OHF): uma afiliada da Rede Aga Khan de Desenvolvimento, apoia o desenvolvimento social e económico das comunidades desfavorecidas na província de Assuão. Esta Fundação é uma organização egípcia sem fins lucrativos criada em 1991 que procura fortalecer a capacidade local de avançar com iniciativas de educação e criação de rendimentos. Desde 2006, o programa de desenvolvimento de longo prazo da OHF chegou a mais de 80 000 pessoas na província de Assuão.

A Universidade de Alberta: é uma universidade pública de pesquisa localizada em Edmonton, Alberta, Canadá, reconhecida pelos rankings universitários Academic Ranking of World Universities, QS World University Rankings e Times Higher Education World University Rankings como uma das cinco melhores universidades do Canadá e uma das 100 melhores universidades do mundo. Englobando 18 faculdades e quase 40 000 estudantes, incluindo 7700 estudantes de pós-graduação e 7800 estudantes internacionais de 151 países, a Universidade de Alberta já formou mais de 260 000 alunos, incluindo o Prémio Nobel Richard E. Taylor.

Centro Canadiano de Etnomusicologia (CCE): Instalado no Departamento de Música da Faculdade de Artes, a principal missão do CCE é usar "sons musicais para o bem público", através de cinco atividades etnomusicológicas principais: arquivamento, divulgação, investigação, ensino e apoio, com foco no desenvolvimento humano: melhorar o mundo através da música.