Está aqui

Está aqui

Primeira cirurgia de implante auricular eletrónico ajuda criança a ouvir

Não percebendo porque é que o filho de dois anos não falava, os pais de Danyal, de dois anos, levaram o filho ao Hospital Aga Khan de Dar es Salaam para um exame e descobriram que ele tinha uma perda auditiva grave. Isto levou o hospital a realizar a sua primeira cirurgia de implante coclear. O dispositivo implantado estimula o nervo auditivo, permitindo aos audiologistas mapear e programar o processador de fala para as necessidades de Danyal.

O audiologista clínico Ali Jaffer espera aumentar a confiança na realização deste tipo de procedimentos cirúrgicos em toda a África, para poupar aos pacientes os custos, as viagens e o stress de estarem longe de casa.

Danyal está atualmente a ser monitorizado e irá realizar terapia da fala. Já está a fazer progressos e os pais estão felizes por poder comunicar com ele de novas maneiras. O pai descreve a observação das reações de Danyal aos sons em seu redor como “uma experiência emocional e mágica”.

A iniciativa de rastreio do hospital também permitirá que a audição das crianças seja avaliada desde cedo, permitindo uma intervenção numa altura em que não afete o seu desenvolvimento da linguagem e da fala.