Está aqui

Está aqui

  • The Mayor of Porto Mr Rui Moreira addresses the gathering on the occasion of the presentation of the Keys to the City of Porto to His Highness the Aga Khan
    AKDN / 4See
Sua Alteza o Aga Khan recebe as Chaves da Cidade do Porto

Sua Alteza, o Príncipe Aga Khan,
Príncipe Amyn Aga Khan,
Presidente da Assembleia Municipal do Porto,
Vereadores, demais representantes eleitos,
Comandante Nazim Ahmad, Representante Diplomático do Imamato Ismaili em Portugal,
Demais membros da delegação de Sua Alteza o Aga Khan,
Membros do Parlamento do Corpo Consular, autoridades civis, militares e religiosas,
Senhoras e senhores,

Sua Alteza, a sua presença hoje na cidade do Porto é, para nós, um momento de grande alegria, não só para nós que estamos aqui reunidos, mas para a cidade.

Trata-se de uma visita muito significativa na ocasião especial da entrega ao Museu Soares dos Reis de um quadro, a Apresentação da Virgem no Templo, que acabámos de ver, um gesto pelo qual aplaudimos e agradecemos a Sua Alteza. 

Mas claro que é muito mais do que isso. É, para nós, um momento de grande alegria porque todos respeitamos muito aquilo que tem feito pelo mundo, pela paz, pela compreensão e pela tolerância. Nesta cidade, acreditamos que a paz é um fator-chave para o futuro. Através da tolerância seremos capazes de viver num planeta melhor, se ao mesmo tempo conseguirmos cuidar bem dele. 

Mas tal só será possível através da compreensão mútua, não pode ser feito com recurso à força. Depressa percebemos que a força não é certamente a solução. A solução passa pela cultura, porque só através da cultura é que nos compreendemos mutuamente. A cultura é, sem dúvida, o cimento que une os povos, que faz com que os povos — povos diferentes com pontos de vista políticos diferentes, com religiões diferentes, com formas de ver o mundo diferentes — se unam. A cultura é o derradeiro cimento que nos proporcionará um futuro melhor, que nos proporcionará a possibilidade de olhar em frente e de deixar um legado aos nossos filhos e aos nossos netos de que nos possamos orgulhar. 

Sua Alteza, há gerações que valorizamos o seu contributo, não apenas para Portugal, mas para a Europa e para o mundo, porque sempre acreditou na construção de uma sociedade melhor. É um objetivo muito importante, que faz com que a sua presença aqui hoje seja um momento extraordinário. É evidente que o gesto que teve hoje para com a cidade indicia uma abertura de novos canais de diálogo entre nós. Acreditamos que vai ajudar muitas pessoas a compreender que as tradições e as culturas são o que permitirá desenvolver o mundo. Não é uma coincidência que o quadro que acabámos de ver — que é, de facto, um quadro de temática religiosa — deve ser encarado como um sinal de tolerância, um sinal de compreensão, um sinal dos valores que tanto honrou ao longo da sua vida. 

Devo também deixar uma referência ao Príncipe Amyn Aga Khan, porque sabemos o quanto fez pela cultura, o quando aprecia a cultura, o quanto valoriza a cultura. É, para nós um grande momento poder tê-lo aqui connosco. Quero anunciar hoje que vou propor ao Conselho da cidade do Porto que, em julho, possamos convidá-lo para receber a Medalha de Honra da cidade pelo seu extraordinário contributo para o património na Europa, no mundo, e porque é um homem das artes e esta é uma cidade que valoriza muito esse património. 

Mas hoje é um dia especial, porque podemos contar com a presença de Sua Alteza, o Aga Khan, e decidimos atribuir-lhe as chaves da Cidade. Esta é uma cidade que não se rende. Somos a Invicta. Não estamos a entregar-lhe a cidade, estamos sim a homenageá-lo com as Chaves da Cidade, o que significa, tradicionalmente, que, a partir de hoje, é um de nós, é um cidadão do Porto. Por isso espero que aceite esta oferta da cidade.

Muito obrigado.