• Parque Al-Azhar, Cairo, Egito.
    AKDN / Gary Otte

As agências da AKDN venceram vários prémios pelo seu trabalho numa variedade de disciplinas, da preservação histórica à água e saneamento. Os prémios que se seguem representam apenas alguns dos prémios recebidos nos últimos anos.

akf-tajikistan-47._traditonal_tajik_dress_r.jpg


Pamirs Eco-Cultural Tourism Association (PECTA), a project of the Mountain Societies Development Support Programme of the Aga Khan Foundation in Tajikistan.

A instituição Green Destinations, com sede em Berlim, concedeu a designação “10 Melhores Destinos Sustentáveis ​​do Mundo” à Região de Altas Montanhas de Pamir.  O Alto Pamir é um planalto localizado no Tajiquistão, que se estende do Afeganistão, a sul, à China, a leste, e ao Quirguistão, a norte. Foram selecionados trinta e dois finalistas por um júri em representação de 12 organizações internacionais. A Associação de Turismo Eco-Cultural de Pamir (PECTA), um projeto do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Sociedades Montanhosas (que faz parte da Fundação Aga Khan no Tajiquistão), tem vindo a trabalhar há anos para promover o turismo responsável nas montanhas de Pamir.  Esta trabalha para criar oportunidades de emprego justas, incentivando a preservação do património histórico, dos recursos naturais e da vida selvagem. Para mais informações, visite o site dos Prémios Green Destinations.

akmi-book-music-central-asia-.jpg


The Music of Central Asia, edited by Theodore Levin, Saida Daukeyeva, and Elmira Köchümkulova.

O vencedor da Medalha Dartmouth 2018 para o trabalho de referência mais notável é "A Música da Ásia Central", o qual foi coproduzido pela Iniciativa Aga Khan para a Música. "A Música da Ásia Central" é um livro que oferece uma introdução informativa ao património musical. Disponibiliza um site complementar no qual os visitantes podem aceder a 189 exemplos de áudio e vídeo acompanhados por guias de escuta. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.

Nos Prémios Europeus de Microfinanciamento de 2017, o First MicroFinance Bank - Afeganistão (uma instituição da AKDN) foi um dos finalistas por “ter como alvo os clientes rurais e por se concentrar em facilitar a construção progressiva e a melhoria das habitações”.  O Prémio também valorizou o FMFB “pela sua aposta na oferta de apoio técnico especializado e na flexibilidade das suas condições de empréstimo, assim como o contexto particularmente desafiante em que opera.”  Em 2017, os Prémios Europeus de Microfinanciamento concentraram-se no “Microfinanciamento para Habitação”, pretendendo “destacar o papel do microfinanciamento no apoio ao acesso a habitações residenciais de melhor qualidade por parte de grupos com baixos rendimentos, vulneráveis ​​e excluídos, sem ou com acesso limitado a financiamento habitacional no setor convencional.” Para mais informações, leia, por favor, o artigo online

akfed-tajikistan-179i2762_r.jpg


PamirEnergy, a project company of the Aga Khan Fund for Economic Development.
Copyright: 
AKDN / Matthieu Paley

A Pamir Energy venceu o Prémio Internacional Ashden de 2017 para o Incremento do Acesso à Energia pelo seu trabalho de levar energia hidroelétrica a 220 000 pessoas no leste do Tajiquistão e a 35 000 pessoas no norte do Afeganistão, assim como a muitas empresas, escolas e centros de saúde. Há quinze anos, apenas 13% das habitações da região tinham energia fiável. Desde então, a Pamir Energy restaurou 11 microcentrais hidroelétricas e modernizou 4300 km de linhas de transmissão, assim como instalações de distribuição.  Hoje, 96% das habitações em VMKB, cerca de 220 000 pessoas, têm acesso a energia limpa, fiável e acessível. Em 2008, a empresa começou a exportar energia através do rio Panj para comunidades no norte do Afeganistão - algumas receberam eletricidade pela primeira vez na sua história. Atualmente, estão ligados 35 mil afegãos. A empresa planeia chegar a milhares de clientes no Afeganistão nos próximos anos e expandir as suas operações para o norte do Paquistão até 2025. Para mais informações, consulte o comunicado de imprensa.

A Pamir Energy Company (Pamir Energy) figurou entre os 12 melhores projetos de Parceria Público-Privada (PPP) durante o fórum de PPP da UNECE, realizado em Genebra em Abril de 2016. O Projeto de Energia Privada da Pamir ajudou a melhorar o desenvolvimento e o bem-estar no GBAO ao fornecer eletricidade fiável, acessível e limpa. Para mais informações, visite, por favor, o site da UNECE.  For more information, please visit the UNECE website.

aka-kenya-92521.jpg


The Aga Khan Academy, Mombasa, Kenya.
Copyright: 
AKDN / Gary Otte

Dois estudantes da Academia Aga Khan de Mombaça, Sumera Yego e Magdalena Gakuo, foram os primeiros quenianos a alcançar o ouro no Prémio Presidencial do Quénia (PA-K) através da plataforma de documentação online recentemente introduzida. O Prémio Presidencial é um programa de autodesenvolvimento que oferece competências de vida e valores éticos a jovens dos 14 aos 25 anos, com o objetivo de construir uma sociedade melhor. Atualmente, 120 países em todo o mundo, incluindo o Quénia, Gana, Maurícia, Canadá e Austrália, estão envolvidos no programa. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.  

O Nairobi Serena Hotel venceu o Prémio Hotel Ecológico De Vanguarda em África no World Hotel Awards 2015. O World Travel Awards™ foi criado para reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os principais setores da indústria de turismo de viagens e hotelaria. Hoje, a marca World Travel Awards ™ é reconhecida mundialmente como o selo de qualidade definitivo, com os vencedores a estabelecerem o padrão a que todos os outros aspiram. Para mais informações, visite, por favor, o site do World Travel Awards.

A Roshan, que oferece serviços de telecomunicações a mais de 6,5 milhões de afegãos, foi nomeada como uma das “51 Maiores Empresas que Estão a Mudar o Mundo” pela Revista ‘FORTUNE’. As 51 empresas globais foram escolhidas pela forma como integraram as preocupações sociais e as práticas comerciais.  A Roshan é uma das empresas do projeto do Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.  

O diretor do Centro de Excelência em Saúde Materno-infantil da Universidade Aga Khan em Karachi, o Dr. Zulfiqar Bhutta, foi galardoado com o Prémio Internacional 2015 da Academia TÜBA da Turquia pelos seus préstimos ​​assinaláveis nas ciências da saúde e vida. Os prémios anuais da Academia TÜBA são apresentados pela Academia Turca das Ciências em três categorias, destinando-se a cientistas com trabalhos originais e inovadores nas suas áreas. O Dr. Bhutta recebeu o prémio em reconhecimento pela sua pesquisa inovadora na área da saúde materno-infantil e pela contribuição para a saúde e política globais. Para mais informações, visite o site da Academia Turca de Ciências.

O neurologista sénior, Prof. Mohammad Wasay, da Universidade Aga Khan (AKU), foi premiado com a Medalha de Ouro 2015 da Academia Paquistanesa das Ciências (PAS) como reconhecimento pelo seu trabalho de prevenção e controlo de doenças neurológicas no Paquistão. Para mais informações, visite o site da Academia Paquistanesa das Ciências.

Os jornalistas do Three Nation Media Group estiverem entre os 16 jornalistas reconhecidos pelo seu trabalho exemplar na cobertura de questões de desenvolvimento na primeira edição dos Prémios Zimeo 2015 para a Excelência nos Média, organizados pela African Media Initiative em Joanesburgo, África do Sul. O Sr. Mosota e a Sra. Kilonzo receberam um prémio conjunto na categoria de jornalismo de dados pela peça publicada no Daily Nation e intitulada "A guerra do tabaco torna-se violenta", acerca do uso do tabaco no país e das suas consequências. A Sra. Okeyo, por outro lado, recebeu o Prémio Dr. Ameena Gurib-Fakim ​(presidente da Maurícia) por Excelência nos Média: Reportagem Científica pela sua peça intitulada "Médicos receitam medidas para controlar o crescente abuso de drogas" publicada na Business Daily, uma publicação do Nation Media Group. Para mais informações, visite, por favor, o site dos Prémios Zimeo.

O Islamabad Serena Hotel foi premiado como Hotel de Vanguarda & Suite de Hotel de Vanguarda no Paquistão (mais informações aqui), o Kabul Serena Hotel foi premiado como Hotel de Vanguarda no Afeganistão (mais informações aqui) e o Dushanbe Serena Hotel foi premiado como Hotel de Vanguarda no Tajiquistão (mais informações aqui) nos World Travel Awards 2015, durante a Cerimónia de Gala da Ásia e Australásia, em Hong Kong.


akfed-afghanistan-91277.jpg


The AKDN project company Roshan, Afghanistan's leading telecommunications operator, provides mobile phone services to more than 6 million Afghans. In September 2015, Fortune Magazine listed Roshan as one of its "Top 51 Companies Changing the world".
Copyright: 
AKDN

A Roshan recebeu cinco prémios 'Stevie' nos XII Annual International Business Awards (BA) em Toronto, Canadá. Os IBA 2015 receberam inscrições de mais de 60 países e territórios. Ao receber o mais alto reconhecimento dos Prémios Stevie, o presidente da Roshan, Karim Khoja, foi nomeado “Executivo do Ano” para o setor das telecomunicações. Shireen Rahmani, Diretor de Recursos Humanos da Roshan, também recebeu um Gold Stevie para "Executivo do Ano de Recursos Humanos", uma categoria que abrangia todas as indústrias por todo o mundo. O departamento de Shireen foi homenageado como "Departamento de Recursos Humanos do Ano" na divisão de Serviços de Informática e Telecomunicações, recebendo um Prémio Gold Stevie. Roshan também venceu um Prémio Silver Stevie para “Empresa do Ano - Telecomunicações” e um Prémio Bronze Stevie para “Campanha de Comunicações ou de RP do Ano - Relações com a Comunidade” pelo seu programa Roshan Afghan Premier League. Os BA são o principal programa de prémios empresariais do mundo. Todos os indivíduos e organizações a nível mundial - públicos e privados, com e sem fins lucrativos, grandes e pequenos - são elegíveis para apresentar candidaturas.  Para mais informações, visite o site dos International Business Awards.

 

akfed-rwanda-_cgc7795bis.jpg


Kigali Serena Hotel, Rwanda part of the Serena chain of hotels.
Copyright: 
AKDN

O Kigali Serena Hotel foi galardoado com o Prémio Hotel de Vanguarda no Ruanda nos World Travel Awards 2015 para África e Oceano Índico, com o Kampala Serena Hotel e o Nairobi Serena Hotel a receberem um prémio semelhante de Hotéis de Vanguarda no Uganda e no Quénia, respetivamente. Para mais informações, visite, por favor, o site do World Travel Awards.

O repórter do canal NTV do Nation Media Group Enoch Sikolia e o cameraman Charles Kariuki estiveram entre os cinco quenianos que conquistaram o prestigiado Prémio CNN Multichoice para Jornalista Africano do Ano 2015. Os jornalistas da NTV venceram na categoria de saúde com a sua peça sobre a osteoporose - uma doença que está a causar paralisia entre os moradores de Turkana devido a ossos frágeis por carência de flúor. Vejo, por favor, o vídeo online.

O Programa Aga Khan de Apoio Rural (AKRSP) esteve entre os dois vencedores, na secção ONG da categoria Ambiente, dos Prémios de Impacto Social da TOI [Times da Índia] 2015. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.

Ratish Nanda, Diretor do Fundo Aga Khan para a Cultura (Índia), venceu um Prémio Chishti 2014 da India Harmony Foundation. Por favor, leia artigo online.

Dois jornalistas seniores do The Citizen - o editor de investigação Lucas Liganga e repórter sénior Mkinga Mkinga - foram declarados vencedores globais dos Prémios de Excelência em Jornalismo 2014 da Tanzânia, organizado pelo Media Council of Tanzania. São os dois primeiros vencedores globais da mesma empresa de média, a Mwananchi Communications Limited (MCL), parte do Nation Media Group, no plano de prémios organizado pelo Media Council of Tanzania. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.


akfed-kicb-kyrgyzstan-34031.jpg


The Head Office of the Kyrgyz Investment and Credit Bank (KICB) in Bishkek, Kyrgyzstan.
Copyright: 
AKDN / Sagyn Alchiev

Prémio para o Quirguistão pela Global Financial Review. Os prémios GFM são reconhecidos como um farol no mundo financeiro e têm crescido para incluir uma série de indústrias-chave; Banca, Seguros, Forex, Obrigações, Opções, Seguros, Resseguros, Trading, Fundos Especulativos, Serviços BPO, Gestão de Riquezas, Apoio ao Cliente, Hotelaria, Viagens, Conformidade, Financiamento de Projetos, Tecnologia, Impacto Ambiental e outras áreas associadas. Para mais informações, visite, por favor, o site da Global Financial Market Review.

O operador turístico de passeios a cavalo do Tajiquistão, Pamir Horse Adventure (PHA), é um membro ativo da Associação de Turismo Eco-Cultural de Pamir (PECTA) e foi criado com o apoio do Programa da Fundação Aga Khan de Apoio ao Desenvolvimento das Sociedades Montanhosas, tendo vencido o Prémio de Proteção da Montanha 2014 da UIAA (Federação Internacional de Escalada e Alpinismo). Para mais informações, visite, por favor, o  site da UIAA.

A Jubileu Life Pakistan ganhou o prémio de 'Liderança em RH' pela segunda vez consecutiva nos Prémios Asiáticos de Liderança em RH de 2014. Os anfitriões, a World HRD Congress, organizam esta entrega de prémios todos os anos para celebrar e distinguir pessoas ou organizações corporativas de excelência. Para mais informações, por favor, leia o comunicado de imprensa da Jubilee Life Insurance.

O trabalho de conservação feito pelo Serviço Cultural Aga Khan em Gali Surjan Singh, lugar de 13 habitações localizadas dentro do Portão de Deli da Cidade Murada de Lahore, e naquela área recebeu uma 'menção honrosa' nos Prémios Unesco Ásia-Pacífico 2014 para Conservação do Património Cultural. Para mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO.

A Roshan recebeu o "Prémio de Contribuição Social" nos Prémios Asiáticos de Comunicação 2014 pelo impacto social do seu programa de Telemedicina, que aproveita a infraestrutura de banda larga e sem fios da empresa para construir e melhorar o sistema de saúde do Afeganistão, conectando hospitais e especialistas médicos por todo o país. Para além disso, a empresa recebeu uma condecoração para "Melhor Campanha de Marca" pela sua campanha da marca "New Heights", que celebrou o 10.º aniversário de funcionamento da Roshan no Afeganistão e o seu papel como parceira na reconstrução e desenvolvimento económico do país. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.

Nation Media Group: o vice-editor de notícias da Daily Nation, Patrick Mayoyo, foi o vencedor global dos Prémios Africanos de Cobertura Jornalística de Alterações Climáticas e Ambiente (ACCER) de 2014, que inclui reportagens na imprensa escrita, online, televisão e rádio. Para mais informações, veja, por favor, o vídeo online.

O banco Habib Bank Ltd (HBL) ganhou o prémio para o 'Primeiro Emissor de Cartões Union Pay International' na região do Médio Oriente e Norte da África. Por favor, leia, o artigo online.


uca-kyrgyz-republic-naryn.jpg


Students Tokonova Begai and Taalaibekova Mairamkul practicing conversational English at the School of Professional and Continuing Education (SPCE) located at UCA’s Naryn Town campus.
Copyright: 
AKDN / Mikhail Romanyuk

A Universidade da Ásia Central (UCA) foi reconhecida em 2014 como um excelente exemplo das melhores práticas na categoria Corporativo/Privado pela European Computer Driving Licence (ECDL) Foundation. A Fundação ECDL é a autoridade certificadora do principal programa internacional de certificação de competências informáticas do mundo, o ECDL, e (fora da Europa) a International Computer Driving Licence (ICDL). Presente em 150 países, o ICDL é promovido na Ásia Central pela ICDL Asia. Para mais informações, consulte, por favor, o site e destaque do ECDL.

O Dr. Zulfiqar Bhutta da Universidade Aga Khan e o Hospital for Sick Children, no Canadá, foram agraciados com o Prémio OMS 2014 (Organização Mundial da Saúde) da Fundação Ihsan Dogramaci para a Saúde da Família pelo seu trabalho global na sobrevivência e saúde de crianças e recém-nascidos. Para mais informações, visite, por favor, o  site da OMS.

O Programa Aga Khan de Apoio Rural na Índia (AKRSP) venceu o prémio de “Mitigação e Adaptação Comunitária às Alterações Climáticas” na edição de 2014 do Earth Care Awards, instituídos pela Fundação JSW e The Times of India. Para mais informações, leia, por favor, o artigo (PDF).

Os jornalistas do Nation Media Group Lominda Afedraru (Daily Monitor) e Isaac Khisa (The East African) venceram, respetivamente, o prémio do melhor autor de ciência 2014 - Biociências para a Agricultura em África - e melhor cobertura jornalística do setor agrícola 2014 na Congregação bienal de Jornalismo Científico de Templeton-Cambridge. Lominda foi elogiada pela sua cobertura ativa, intensiva e rigorosa das atividades de ciência agrícola e de desenvolvimento biotecnológico no Uganda. Isaac Khisa foi elogiado pela sua cobertura exaustiva por parte do júri, Julia Vitullo-Martin e Sharon Schmickle - dois jornalistas veteranos dos EUA. Cerca de 160 jornalistas da Tanzânia, Nigéria, Gana e Uganda participaram na bolsa que foi coordenada pela Universidade de Cambridge com financiamento da Fundação John Templeton, com sede nos EUA. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.

Os Hotéis Serena estiveram entre os vencedores dos Prémios Rwanda CSR (Responsabilidade Social Corporativa) 2013 para "melhor proteção ambiental". Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa da Serena Hotels.

O Hospital da Universidade de Aga Khan (AKUH) em Karachi venceu o Prémio CSR [Responsabilidade Social Corporativa] 2013 da Brands of the Year pelo seu autocarro solar de produção própria. A Brands Foundation, que apresenta a cerimónia, seleciona todos os anos 1000 marcas populares e de confiança ​​no Paquistão, elegendo um vencedor para cada categoria. Esta é a primeira vez que o AKUH venceu este prémio de CSR. Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa do AKUH.

O Programa Aga Khan de Apoio Rural (AKRSP) na Índia foi premiado com um Prémio Earth Care 2014 da JSW - The Times of India, na categoria de "Mitigação e Adaptação Comunitária às Alterações Climáticas. O louvor reconhece os esforços do AKRSP na Índia, no âmbito do projeto SCALE sobre desenvolvimento económico e construção institucional nos distritos tribais de Bharuch, Surat e Narmada. A ECA acredita que as iniciativas do Projeto fortaleceram as instituições comunitárias e desenvolveram a noção de propriedade em recursos de propriedade comum. As intervenções levaram a uma melhor adaptabilidade aos desafios impostos pelas alterações climáticas nas áreas tribais de Gujarat. Para mais informações, visite, por favor, o site da JSW - The Times of India 2014.

O Dr. Anita Zaidi, chefe do departamento de pediatria da Universidade Aga Khan e um dos primeiros médicos formados pela AKU, venceu o primeiro Caplow Children's Prize no valor de 1 milhão de dólares. Para mais informações, visite, por favor, o site da Fundação Children's Prize.

O Banco de Investimento e Crédito do Quirguistão (KICB) foi considerado 'Banco do Ano 2013' pela influente revista britânica "The Banker". Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa do KICB.

Os jornalistas do Fifteen Nation Media Group saíram vencedores das edições 2012 e 2013 dos Sétimos Prémios Anuais da Rede de Média do Quénia na área de População e Desenvolvimento (Kemep), patrocinados pelo Fundo de População das Nações Unidas. Para mais informações, veja, por favor, o vídeo online.


aktc-pakistan-2-86049.jpg


Khaplu Palace after the restoration work, Khaplu, Pakistan.
Copyright: 
Courtesy of AKCS-P

A restauração do Palácio Khaplu por parte do AKTC recebeu um Prémio de Distinção UNESCO Ásia-Pacífico 2013 para o Património. Da citação: "Outrora a antiga sede do governo e uma das mais belas residências reais do Baltistão, o Palácio Khaplu foi restaurado a partir de um estado terrível de degradação. A obra, realizada com um alto nível de competência técnica, abordou uma série de desafios, desde questões estruturais ao paisagismo histórico, conseguindo deste modo manter a autenticidade. O Palácio foi reintegrado como parte vital da comunidade, através da sua nova função enquanto hotel de património de pequena escala e museu popular de Balti. O melhoramento das infraestruturas da aldeia adjacente e a criação de novas oportunidades de subsistência garantiram uma melhoria no bem-estar dos habitantes locais desta área rural remota. O projeto é um testemunho do sucesso da abordagem comprovada de mobilização da cultura para o desenvolvimento sustentável, lançada pelo Serviço Aga Khan de Cultura no Paquistão." Para obter mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO


akfed-pakistan-hbl_quetta_rhq.jpg


Habib Bank Limited.
Copyright: 
AKDN

O Habib Bank Ltd (HBL) foi o vencedor do Prémio Melhor Banco de Retalho do Paquistão de 2012 durante os XII Prémios de Excelência Internacional em Serviços Financeiros de Retalho. Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa da Asian Banker.

Os Serena Hotels recebeu seis prémios, incluindo "Marca Africana de Vanguarda em Hotelaria" na 20.ª edição dos World Travel Awards (2013), considerados por muitos os “Óscares” da indústria do turismo. Para além do prémio de "Marca Africana de Vanguarda em Hotelaria", os hotéis Serena venceram igualmente o galardão para “Melhor Hotel Ecológico do Ano 2013” ​​para o Amboseli Serena Safari Lodge; "Hotel de Vanguarda do 2013" para o Kigali Serena (um prémio que também venceu no ano passado); “Hotel de Negócios de Vanguarda do Quénia 2013” ​​para o Nairobi Serena Hotel; “Hotel de Vanguarda do Uganda 2013” ​​para o Kampala Serena Hotel; e “Hotel de Vanguarda da Tanzânia” ​​para o Dar es Salaam Serena Hotel. Para mais informações, visite, por favor, o site do Serena Hotels.

O Nation Media Group: Mwananchi Communications Ltd (MCL) dominou os Prémios de Excelência em Jornalismo 2012 na Tanzânia, arrecadando 12 dos 19 prémios atribuídos. O redator-chefe do Citizens, o Sr. Lucas Liganga, conquistou o prémio global de Jornalista do Ano. Para mais informações, leia, por favor, o artigo online.


aktc-pakistan-altit_fort-gilgit.jpg


Altit Fort, Pakistan.
Copyright: 
AKDN / Christopher Wilton-Steer

A restauração do Forte de Altit em Hunza, na província de Gilgit-Baltistão no Paquistão, um projeto do Fundo Aga Khan Trust para a Cultura levado a cabo pelos Serviços Culturais Aga Khan, recebeu um Prémio de Distinção nos Prémios UNESCO-Ásia-Pacífico 2011 na categoria Conservação do Património Cultural. Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa.

A Rede Aga Khan de Desenvolvimento foi selecionada como uma dos 40 Inovadores de Desenvolvimento Devex 2011. Tendo por base uma votação de milhares de profissionais de desenvolvimento global que fazem parte da Devex, a maior rede de trabalhadores humanitários do mundo, o prémio foi anunciado em 18 de Abril de 2011. "O Top 40 Devex de Inovadores de Desenvolvimento é uma lista impressionante de proeminentes agências e fundações de doadores, empresas de consultoria de desenvolvimento, ONG de implementação e grupos de defesa a nível mundial", diz a citação. Para mais informações, visite, por favor, o site da DEVEX.

O Gulabpur Khanqah no vale de Shigar, em Skardu, Baltistão, foi premiado com o Prémio de Distinção Ásia-Pacífico 2010 da UNESCO na categoria Património Cultural. O Fundo Aga Khan para a Cultura (AKTC) venceu nove vezes consecutivas o Prémio UNESCO Ásia-Pacífico para Património Cultural pelos seus esforços de conservação na província de Gilgit-Baltistão, no Paquistão. Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa.

A Talloires Network e a MacJannet Foundation galardoaram com o seu primeiro Prémio MacJannet anual para a Cidadania Global (2009) o Programa de Saúde Urbana baseado na Universidade Aga Khan em Karachi, Paquistão. Este programa inovador e duradouro gerido pelo Departamento de Ciências da Saúde Comunitárias da Universidade Aga Khan oferece um apoio de saúde e socioeconómico essencial aos povoados ilegais de Karachi. Apesar do seu impacto ter sido abrangente em várias áreas, ele teve um efeito considerável na área da subnutrição, que foi reduzida em metade nas áreas do programa. Para mais informações, leia, por favor o comunicado de imprensa da MacJannet Foundation.

O Programa de Obras de Melhoramento (BACIP) - uma iniciativa de melhoramento do ambiente construído do Serviço Aga Khan de Planeamento e Construção, no Paquistão - foi selecionado como o melhor projeto em vigor no Paquistão nos Prémios World ENERGY GLOBE (2008). De um total de 800 inscrições de 111 países, o BACIP ganhou o prémio para o Paquistão. No ano passado, o Conselho de Desenvolvimento de Energia Alternativa (AEDB) foi selecionado para o prémio pelo Paquistão. Para mais informações, visite, por favor, o  site da Energy Globe.


aktc-pakistan-83548.jpg


The Shigar Fort Restoration Project in Pakistan received the 2008 Virgin Holidays "Best for conservation of cultural heritage" Award.
Copyright: 
AKDN / Gary Otte

A Residência do Forte Shigar, que foi restaurada pelo Fundo Aga Khan para a Cultura (AKTC) e que agora funciona como um pequeno hotel do grupo Serena Hotels (uma empresa do Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico), recebeu o Prémio de Turismo Responsável 2008 da Virgin Holidays na categoria "Melhor conservação de património cultural". Da citação: "Pela restauração sensível deste edifício histórico e pelo seu desenvolvimento enquanto hotel, que colocou a propriedade de novo no coração da comunidade como um ativo cultural e económico que traz emprego, oportunidades para microempresas e capacitação social e cultural para homens e mulheres locais". Para mais informações, veja, por favor, os Prémios de Turismo Responsável da Virgin Holidays. Por favor, visite também o site da Serena Hotels. 

Em Novembro de 2008, os Serena Hotels receberam o prémio Skål International Ecotourism Awards 2008, que destaca as práticas de turismo responsável em todo o mundo. Os Serena Hotels venceram o prémio na categoria Instituições Corporativas Globais, que inclui contribuições para a conservação da natureza e do meio ambiente, a conservação do património cultural, o envolvimento e os benefícios para a comunidade, os recursos educacionais e a inovação. A Skål International, a maior organização de profissionais de viagens e turismo do mundo, iniciou o programa de prémios de Ecoturismo em 2002, num esforço para incentivar a conservação do meio ambiente e ajudar a promover práticas sustentáveis ​​na indústria do turismo. Para mais informações, visite, por favor os Serviços de Promoção Turística e os Prémios Skål International Ecotourism.

Um júri independente de cinco especialistas internacionais reuniu-se no Dubai de 12 a 13 de Novembro de 2008 para selecionar os 12 vencedores da sétima edição dos Prémios Dubai International para as Melhores Práticas para o Melhoramento do Ambiente de Vida (DIABP). A escolha foi retirada de uma lista de 48 iniciativas, que foram pré-selecionadas a partir de quase 500 inscrições. O Júri baseou as suas decisões em critérios de impacto tangível, parceria e sustentabilidade, e também levou em conta considerações de liderança e capacitação da comunidade, igualdade de género e inclusão social e inovações que possam ser repetidas. O prémio WASEP de Melhores Práticas de Transferências do DIABP foi oferecido aos Serviços Aga Khan de Planeamento e Construção (AKPBS) pelo "impacto tangível resultante da transferência de um ou mais dos seguintes itens: ideias, competências, processos, conhecimento ou experiência, e tecnologia; mudanças nas políticas ou práticas e sustentabilidade da transferência como parte de um processo contínuo de aprendizagem e mudança". Para mais informações, visite, por favor, o site do DIABP.


aktc-egypt-cairo_05_15_500.jpg


Al-Azhar Park, Cairo, Egypt.
Copyright: 
AKDN / Gary Otte

O Project for Public Places, que trabalha para ajudar "as pessoas a transformar os seus espaços públicos em lugares comunitários vitais" selecionou o Parque Azhar como um de "60 dos Melhores Lugares do Mundo". Da sua citação: "Porque funciona? Ao transformar uma parte tão grande do Cairo, que durante muito tempo foi usada como lixeira a céu aberto, o impacto do Parque Al-Azhar na cidade foi enorme. Ele foi planeado com uma infinidade de atividades em mente, e incorpora um conceituado quiosque miradouro no topo de uma colina, uma zona recreativa infantil, um anfiteatro e palco, campos de jogos, uma praça de observação e um passeio na muralha histórica." Para mais informações, visite, por favor, o site do Project for Public Spaces


akf-kyrgyz-republic-90070.jpg


Early Childhood Development in Kyrgyz Republic.
Copyright: 
AKDN / Jean-Luc Ray

Quando a Fundação Aga Khan descobriu que havia muitas crianças em zonas rurais do Quirguistão sem acesso a infantário durante a migração anual para as jailoo, ou pastagens altas, durante quatro a cinco meses por ano, tratou de apoiar um programa para levar a educação de primeira infância às montanhas. Os infantários yurt tornaram-se desde então bastante populares nas jailoo, e até chamaram a atenção da World Challenge, que nomeou o programa como um dos 12 finalistas ao seu prémio anual (2008). Para mais informações, visite, por favor, o site do Programa Jailoo e da World Challenge.

No dia 24 de Junho de 2008, durante uma cerimónia presidida por Sua Alteza Real o Príncipe Khaled al-Faisal, Governador da região de Makkah, e na presença de Sua Alteza Real o Príncipe Sultan bin Salman, O Fundo Aga Khan para a Cultura recebeu o Prémio de Carreira durante a segunda edição do “Prémio Príncipe Sultan bin Salman para o Património Urbano" pelos “esforços amplamente reconhecidos do AKTC no tratamento do património urbano em muitos locais e atividades” (citação do prémio).

O Prémio Património Urbano foi criado porque "a conservação do património urbano é uma necessidade nacional, pois representa a identidade da sociedade e a originalidade da sua história", segundo os organizadores. "O Reino da Arábia Saudita testemunhou uma expansão que abrangeu todos os aspetos da vida, acompanhada por um grande aumento das cidades sauditas, com uma plena abertura aos vários estilos arquitetónicos continentais. Como consequência, perdeu-se muito do património urbano tradicional. Estas mudanças drásticas exigiram a tomada de medidas imediatas e eficazes para proteger o património urbano nacional, e fazer uso das suas qualidades para estabelecer uma base sólida para uma arquitetura enraizada inseparável do passado, levando em consideração a absorção de tecnologias modernas de uma forma razoável que garanta este tipo de fusão sem ultrapassar os fundamentos do património". Para mais informações, visite, por favor, o site de AlTurath.

aktc-afghanistan-herat.jpg


In 2008 the AKDN, in partnership with the Afghan Government, began restoration of the Citadel of Herat.
Copyright: 
AKDN

O trabalho do Fundo Aga Khan para a Cultura na restauração de Herat, no Afeganistão, foi galardoado com um Prémio de Excelência da UNESCO Ásia-Pacífico 2008 para o Património. A UNESCO selecionou o projeto para demonstrar "o importante papel da revitalização cultural como parte integrante do processo de estabelecimento da normalidade numa situação pós-conflito. Os trabalhos de restauro apresentam um elevado nível de destreza e um compromisso com a utilização de materiais tradicionais, tendo um impacto positivo na revitalização do sistema de construção tradicional, assim como no comércio de edifícios locais. O projeto liderado pela comunidade esclareceu a interpretação da paisagem urbana histórica, fortaleceu o tecido social e renovou o espírito de lugar em Herat. Outro projeto do Fundo, os Povoados Históricos de Shigar e a Bazaar Area, no Baltistão, Paquistão, recebeu um Prémio de Mérito. Para mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO.

O cliente do First MicroFinance Bank, a Sra. Sifat Gul de Gharam Chashma, Chitral venceu o prémio de “Melhor Microempreendedor Nacional Feminino” na cerimónia dos Prémios Citi-PPAF de Microempreendedorismo 2007 em Islamabad. O Dr. Ishrat Hussain, ex-governador do Banco Estatal do Paquistão, foi o principal convidado da cerimónia que distinguiu Sifat Gul com um prémio no valor de 115 000 rupias paquistanesas. O objetivo do Programa de Prémios de Microempreendedorismo Citi-PPAF 2007 é ilustrar e promover o papel efetivo que o microfinanciamento desempenha no desagravamento da pobreza. Este reconhece as extraordinárias contribuições que os microempresários individuais têm tido para a sustentabilidade económica das suas famílias e das suas comunidades. Para mais informações, leia, por favor o comunicado de imprensa da PPAF.

aktc-akmi-afghanistan-41176.jpg


AKMICA classes, Afghanistan.
Copyright: 
AKTC

A Iniciativa Aga Khan para a Música, um programa do Fundo Aga Khan para a Cultura, recebeu um Menção Honrosa nos Prémios Travel + Leisure de Inovação Global de 2007. Da citação: "Reconhecendo o papel vital que a música tem desempenhado nas culturas da Eurásia Central e do Médio Oriente, e temendo a sua crescente fragilidade perante a rápida modernização de toda a região, o Fundo Aga Khan para a Cultura criou a Iniciativa Aka Khan para a Música na Ásia Central no ano 2000. Através da criação de escolas de música em toda a região e apoiando um programa mundial de itinerância, o Fundo visa preservar a herança musical da Ásia Central, garantindo a sua transmissão a uma nova geração de artistas e de público - tanto na região como além-fronteiras". Para mais informações, visite, por favor, o site da Travel + Leisure.


aktc-afghanistan-50622_r.jpg


Since its restoration by the Aga Khan Trust for Culture (AKTC), the Bagh-e-Babur (Babur’s Gardens) has attracted over 400,000 visitors annually.
Copyright: 
AKDN / Christian Richters

Após o prémio Best of Asia de 2005 para a restauração do Forte de Baltit em Hunza, Paquistão (o Forte apareceu na capa da TIME Asia), o Fundo Aga Khan para a Cultura foi agora premiado com outro Prémio Best of Asia pela sua restauração dos Jardins de Babur em Cabul, Afeganistão. Da citação: "Quando o Fundo Aga Khan para a Cultura, em colaboração com o Deutsches Archäologisches Institut, começou a restaurar os jardins em 2002, decidiu respeitar as instruções originais de Babur. O seu túmulo encontra-se agora aberto para o céu, rodeado por uma delicada tela esculpida de mármore e cercado por árvores frutíferas cheias de pássaros canoros. O resto do jardim de 4,5 hectares, que já serviu de refúgio temporário para civis deslocados pela guerra, voltou à sua antiga glória. O complexo sistema de canais de água que direcionam as chuvas das colinas circundantes foi reconstruído, transformando a encosta seca num oásis verdejante. Graciosos rebentos substituíram os grandes plátanos que foram cortados para lenha, e as fontes borbulham novamente com água limpa. Existem até planos para transformar o elegante pavilhão europeu construído por Amir Abdur Rahman Khan no final do século XIX num restaurante. Às sextas-feiras, no início do fim de semana muçulmano, os jardins ficam apinhados de famílias em piqueniques, que vêm para desfrutar de concertos de música clássica muito parecidos com as apresentações que aprimoravam os idílios do ex-imperador. Finalmente, pode-se perceber porque queria Babur que esta fosse a sua última morada." Para mais informações, visite o site da revista Time.

O Serviço Aga Khan de Planeamento e Construção do Paquistão (AKPBS, P) recebeu o Prémio Mundial de Habitat 2006 pelos seus esforços para melhorar as condições de habitação no Paquistão através do seu Programa de Obras de Melhoramento (BACIP). O programa desenvolveu métodos e padrões de construção de habitações de baixo custo, resistentes a abalos sísmicos e energeticamente eficientes. Mais de 15 000 produtos energicamente eficientes foram instalados em 7000 residências até o momento, beneficiando mais de 50 000 pessoas. O BACIP foi avaliado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) - Unidade Global Ambiental (GEF)/Programa de Pequenos Subsídios (SGP) como a Melhor Prática nos 10 anos de operação do PNUD/GEF-SGP no Paquistão. Para mais informações, visite, por favor, o site da BSHF.

O Palácio do Forte Shigar (em Skardu, na região norte do Paquistão) foi galardoado com o Prémio de Excelência nos Prémios UNESCO Ásia-Pacífico 2006 para a Conservação do Património Cultural. O Forte Shigar foi convertido, através de uma reutilização adaptada, num pequeno hotel. Do louvor: “O vencedor do Prémio de Excelência, o Palácio do Forte Shigar (Skardu, Região Norte, Paquistão), foi elogiado por estabelecer um precedente de relevo para uma reutilização moderna e sustentável de estruturas patrimoniais no Paquistão. A transformação num hotel boutique aproveitou estrategicamente a autenticidade da arquitetura local e o cenário dramático das montanhas de Karakoram para criar um destino único para os visitantes. Com uma abordagem holística de desenvolvimento comunitário, os efeitos multiplicadores do projeto beneficiaram os moradores locais através da criação de empregos, da modernização de infraestruturas partilhadas e do abastecimento de água, e renovaram o orgulho no rico artesanato da região e nas tradições do património imaterial". Para mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO.

A aldeia indígena de Karan, no taluka de Siddhpur, em Gujarat, irá receber o prémio "Nirmal Gram". O projeto para tornar a aldeia "nirmal" (limpa) foi realizado pelos Serviços Aga Khan de Planeamento e Construção (AKPBS), Índia, com a plena cooperação do comité de desenvolvimento rural do distrito de Patan. Karan tem uma população de 766 pessoas e 130 famílias. Cada casa tem instalações sanitárias e esgotos subterrâneos. Houve também mudanças nas práticas comuns que levaram a melhorias na saúde. Saiba mais sobre os Serviços Aga Khan de Planeamento e Construção. Para mais informações, visite, por favor, o site de Nirmal Gram Puraskar.

A Associação de Viagens Ásia-Pacífico (PATA) anunciou os vencedores dos Prémios PATA Gold 2006 em 17 de Fevereiro desse ano. A restauração e reutilização de Palácio do Forte Shigar pelos Serviços Aga Khan para a Cultura no Paquistão venceu Prémio Gold na categoria Património e Cultura. Os vencedores vão receber os prémios durante a LV Conferência Anual da PATA em Pattaya, Tailândia, de 23 a 27 de Abril de 2006. Aprenda mais sobre o Palácio do Forte Shigar.

O Programa Aga Khan de Apoio Rural no Paquistão venceu o Prémio de Desenvolvimento Global 2005 para o Projeto de Desenvolvimento Mais Inovador. O prémio, que foi anunciado durante a VII Conferência Anual de Desenvolvimento Global, realizada em São Petersburgo, Rússia, em 20 de Janeiro de 2006, foi atribuído aos projetos de desenvolvimento que se considera terem o maior potencial para vir a beneficiar os mais carenciados nos países em desenvolvimento. Para mais informações, visite, por favor, o site da Global Development Network

O Serviço Aga Khan de Planeamento e Construção no Paquistão (AKPBS, P) foi o vencedor em 2005 do Prémio Alcan de Sustentabilidade no valor de 1 milhão de dólares, atribuído pelo Fórum Príncipe de Gales de Líderes Empresariais Internacionais (IBLF). Recebeu o prémio pelos seus esforços no melhoramento do ambiente construído no Paquistão e das instalações de água e saneamento. Lançado em 1997, o objetivo do programa é reduzir o risco de doenças transmitidas pela água através do fornecimento de água potável, assim como obter melhores práticas de higiene e saneamento. O sucesso deste programa levou a uma parceria entre o AKPBS, P e o Fundo de Erradicação da Pobreza do Paquistão. Como resultado, o programa está a ser reproduzido em várias outras áreas com o apoio de doadores e parceiros. Para mais informações, leia, por favor, o comunicado de imprensa.

O Projeto Azhar Park no Cairo ganhou o Prémio Visão Global de Inovação 2005 por parte da revista Travel + Leisure. Da citação: "O nosso júri sentiram-se atraídos pela abordagem extraordinariamente multifacetada deste projeto: Al-Azhar oferece espaços recreativos e de lazer a uma cidade carenciada nesse aspeto; funciona como um motor de desenvolvimento social e económico para os moradores próximos e é um catalisador para a preservação histórica. Numa cidade onde a quantidade de espaços verdes por habitante tinha aproximadamente o tamanho de uma pegada, Al-Azhar é um pulmão verde muito necessário para os 17 milhões de habitantes do Cairo... Al-Azhar provou ser um dos esforços de renovação urbana mais significativos da história recente." Saiba mais sobre o parque Al-Azhar.

O First MicroFinance Bank Ltd (FMFB) no Paquistão foi galardoado com um dos cinco principais Prémios de Transparência Financeira (2005). Os vencedores foram selecionados entre 175 inscrições enviadas de 57 países. O Banco teve a particular distinção de ser a instituição mais recente a receber o prémio principal. Para mais informações, veja, por favor, o site do CGAP. Em 2004, o FMFB recebeu uma “Menção Honrosa” no concurso CGAP 2004 sobre Transparência Financeira, patrocinado pelo Grupo Consultivo de Assistência à Pobreza (CGAP), afiliado ao Banco Mundial. Para mais informações, visite, por favor, o site do CGAP.

Dois empresários apoiados pelo First MicroFinanceBank Ltd (FMFB), Paquistão, venceram o Prémio Global de Microempreendedorismo 2005 numa cerimónia organizada conjuntamente pelo Fundo de Desenvolvimento de Capital das Nações Unidas, a Fundação Citigroup e o Comité Nacional do Paquistão para o Microcrédito Internacional 2005. A seleção para o Prémio foi feita por um painel independente composto por especialistas do PNUD, do Fundo de Avaliação da Pobreza do Paquistão (PPAF), da Fundação Citigroup e da Harvard Business School. Foram avaliados 110 estudos de caso bem-sucedidos, sendo reduzidos a 16 antes de serem escolhidos os oito finalistas. O FMFB foi a única instituição com dois empresários a vencer o primeiro prémio. Em 2004, os empreendedores do FMFB receberam o primeiro e o segundo prémio e dois segundos lugares. Para mais informações, visite, por favor, o site do Microcredit 2005.

A Mesquita Amburiq, a primeira mesquita construída no Baltistão, recebeu um Prémio de Mérito UNESCO 2005 Ásia-Pacífico de Conservação do Património. O projeto foi elogiado pelo seu "programa de conservação sensível levado a cabo pelos Serviços Culturais Aga Khan do Paquistão. O edifício e o seu pátio voltaram a ter uma utilização moderna enquanto museu comunitário, dando uma nova vida a uma das estruturas histórica e socialmente mais significativas da região". Para obter mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO

aktc-pakistan-baltit_fort.jpg


Baltit Fort, Gilgit, Pakistan.
Copyright: 
AKDN / Christopher Wilton-Steer

A restauração do Forte Baltit no Vale de Hunza no Paquistão apareceu na capa de Revista Time (27 de Junho de 2005, edição asiática) numa peça acerca do "Melhor da Ásia". Venceu a menção "Melhor Tesouro Restaurado". A Time disse que "setecentos anos de terramotos, avalanches e negligência transformaram-na numa pilha de destroços, levando o Mir a entregá-la ao Fundo Aga Khan para a Cultura em 1989. A fundação de caridade iniciou a restauração, que levou seis anos e custou mais de 3 milhões de dólares - e o resultado é impressionante". Saiba mais sobre o Forte de Baltit.

O Programa de Apoio Rural Aga Khan no Paquistão ganhou um Prémio Ashden 2005 de Energia Sustentável atribuído a "projetos de energias renováveis ​​relevantes ​​e inovadores". O prémio foi concedido pelo uso inovador de pequenas centrais hidroelétricas, chamadas "micro-hydels". O Prémio Ashden mencionou o AKRSP pela solução sustentável e ecológica: "Ao contrário das barragens, que invariavelmente danificam o ecossistema local, a tecnologia "micro-hydel" usada pelo AKRSP consiste simplesmente na abertura de um canal estreito para desviar a água ao longo de uma encosta para um tubo, criando pressão suficiente para fazer girar uma turbina e assim produzir 20-100 kw de potência". Foram construídas mais de 180 unidades de "micro-hydel" que fornecem eletricidade a 50% da população de Chitral. Os projetos são implementados, mantidos e geridos pelas próprias omunidades. Para mais informações, visite, por favor, o site do Prémio Ashden de Energia Sustentável.

Prémio da UNESCO Ásia-Pacífico 2004 pela Excelência na Conservação do Património. Da citação: “A restauração do majestoso Forte de Baltit construído há 700 anos exemplifica a excelência na prática de conservação aplicada a monumentos de grande escala. Este projeto desafiante foi o primeiro do seu género no norte de Hunza. Ao demonstrar que as estruturas históricas podem ser salvas, restauradas e recicladas para continuarem a ser usadas pela comunidade, o projeto do Forte de Baltit é um modelo para a revitalização de estruturas históricas em todas as regiões do norte do Paquistão. Neste projeto, a estrutura histórica de madeira e alvenaria foi cuidadosamente reparada, usando uma combinação de conhecimento tradicional local e técnicas de conservação de última geração. A restauração do forte fomentou o renascimento das atividades de construção tradicionais locais, ao mesmo tempo que um projeto de artesanato associado ofereceu melhores oportunidades de subsistência na zona. Na sua nova utilização enquanto centro cultural e museu, o Forte de Baltit atrai milhares de visitantes à província e contribui para revigorar o orgulho da comunidade local no seu património". Para obter mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO

Prémio da UNESCO Ásia-Pacífico 2003 para Conservação do Património pelo astana (túmulo histórico) de Syed Mir Muhammad no povoado de Khanqha. Da citação do prémio: "notável restauração do mausoléu com 300 anos... que recupera a posição de destaque de um importante marco arquitetónico e comunitário do povoado de Khaplu, no norte do Paquistão. A pátina envelhecida e o caráter histórico do edifício foram cuidadosamente preservados através de técnicas de conservação competentes e sensíveis." Os Prémios destinam-se a "reconhecer os esforços e contribuições de indivíduos e organizações dentro do setor privado, incluindo parcerias público-privadas, que tenham restaurado e conservado com sucesso estruturas e edifícios de valor patrimonial na região Ásia-Pacífico". Para obter mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO

Prémio da UNESCO Ásia-Pacífico 2002 para Conservação do Património para os projetos do povoado de Ganish. Da citação do prémio: “A restauração de quatro velhas mesquitas de madeira com 300 anos no Vale de Hunza revitalizou com sucesso a aldeia “chataq", o centro nevrálgico tradicional do povoado histórico de Ganish. Iniciado e realizado pelos moradores, com supervisão profissional, o projeto reconstruiu o espírito de comunidade numa autêntica aldeia rural que passou por enormes mudanças socioeconómicas e desastres naturais ao longo dos anos. "A abordagem contida de conservação estabilizou os edifícios que estavam em risco de colapso, mantendo a rica pátina histórica e exibindo o elaborado detalhe das estruturas. Foram incorporados, de modo seletivo, materiais modernos em conjunto com materiais e técnicas tradicionais. A preservação dos edifícios circundantes e os melhoramentos nas infraestruturas foram executados com sensibilidade, fortalecendo o tecido urbano tradicional e melhorando a qualidade de vida dos moradores. O projeto é um exemplo extraordinário de uma iniciativa liderada pela comunidade e facilitada por um apoio externo estratégico". Para obter mais informações, visite, por favor, o site da UNESCO.

Vencedor Global do Prémio Tourism for Tomorrow de 2000 da British Airways. Da citação: "O Fundo Aga Khan para a Cultura restaurou o principal marco histórico do Forte Baltit com 700 anos, nas encostas escalonadas de Hunza, no norte do Paquistão. O principal tema do projeto é a preservação deste cenário, apesar da decadência natural e do inevitável impacto de mudanças recentes, como a urbanização, que começou a ameaçar a integridade do património erigido. O Forte é agora um museu e centro cultural. Além disso, serve para promover pequenas empresas culturalmente e ambientalmente compatíveis, que fornecem artigos para presentes, tapetes de lã locais e tapetes de tintura vegetal feitos à mão para os visitantes. "Estas atividades vêm desempenhando um papel importante no fortalecimento do espírito de comunidade tradicional e na restauração do orgulho dos moradores pelo seu património. Foi criado um projeto de gestão de resíduos que se paga a si próprio para eliminar com segurança resíduos humanos e lixo. O projeto já atraiu mais de 20 000 visitantes, metade dos quais vem de fora do país. O acesso ao Forte é limitado a peões e só são permitidos 25 visitantes de cada vez. Para reduzir a pressão sobre o meio ambiente, existe uma interrupção nas visitas de turistas durante os 4-5 meses de inverno". Saiba mais sobre o Forte de Baltit