Está aqui

Está aqui

  • Os serviços pediátricos do Hospital de Bamyan incluem uma Unidade de Alimentação Terapêutica, uma Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais, uma unidade de vacinação e TB-DOTS para o tratamento eficaz da tuberculose.
    AKDN / Kiana Hayeri
Serviços Aga Khan para a Saúde
Um novo hospital para Bamyan

Os cuidados de saúde nas montanhas do Afeganistão podem ser um desafio, particularmente para mulheres e crianças. Até recentemente, muitas das áreas tinham apenas um médico para cada 50.000 habitantes, os programas de formação de parteiras estiveram inativos até ao início dos anos 2000 e mais de 90% dos estabelecimentos farmacêuticos privados não tinham sequer cinco medicamentos essenciais disponíveis. Estas condições afetam desproporcionalmente as áreas remotas e rurais, locais onde as instalações de saúde são frequentemente desadequadas ou mesmo não existentes.

A necessidade de melhorar o Hospital Provincial de Bamyan era óbvia. Quando os Serviços Aga Khan para a Saúde (AKHS )assumiram a responsabilidade pela gestão do Hospital Provincial de Bamyan em 2004, a equipa médica do antigo hospital estava com dificuldades para dar resposta às necessidades de saúde da comunidade.

Através de uma parceria público-privada com o governo do Afeganistão, os AKHS assumiram o desafio de melhorar o hospital com o objetivo de fazer cumprir o Conjunto de Serviços Hospitalares Essenciais para o Afeganistão. O antigo Hospital foi melhorado e ampliado. Foram instalados novos equipamentos e foi garantida uma reserva de medicamentos. Foram iniciados programas de formação para funcionários. A qualidade dos funcionários e dos serviços do hospital foram melhorando consistentemente, através de atualizações de formação e equipamentos da responsabilidade dos AKHS.

Apesar destas melhorias, a expansão do anterior Hospital estava limitada. Ao longo de pouco mais de uma década, o número de internamentos subiu de 1.900 em 2004 para mais de 11.000 em 2016. Os atendimentos em ambulatório aumentaram de 43.000 para 175.000; os partos de 100 para mais de 3.000; e o número de grandes cirurgias de 150 para mais de 600.

Como resposta à evidente necessidade de instalações construídas para o efeito, o governo local de Bamyan disponibilizou 2,6 hectares para construir um novo hospital nos arredores da cidade. As obras arrancaram em 2013, lideradas pela Agência Aga Khan para o Habitat, especializada em construções amigas do ambiente e resistentes a sismos. A construção das novas instalações custou 22,8 milhões de dólares, dos quais 17 milhões foram financiados pelo governo do Canadá.

Em Outubro de 2016, os serviços do Hospital foram transferidos das antigas para as novas instalações. O novo hospital de última geração com 141 camas foi projetado para ser estruturalmente seguro, resistente a sismos e altamente eficiente em termos energéticos. Mais da metade da energia do novo hospital é fornecida por painéis solares localizados no topo de uma colina atrás do Hospital, num terreno doado pelo governo de Bamyan. Assista ao vídeo “Um novo hospital para Bamyan”:

a_new_hospital_for_bamyan

Recentemente na AKDN

Em destaque
25 Fevereiro 2020
Ver
21 Fevereiro 2020
Ver
11 Fevereiro 2020
Ver