Está aqui

Está aqui

  • A aprendizagem ativa na sala de aula é apoiada pelas avaliações do Conselho de Avaliação.
    AKDN / Gary Otte
Transmissão do ensino secundário
O Conselho de Avaliação da Universidade Aga Khan (AKU)

O ensino ao nível da escola secundária no Paquistão é geralmente de baixa qualidade. Uma pedagogia sem imaginação, salas de aula sobrelotadas e uma falta de recursos básicos impedem os alunos de atingir todo o seu potencial, especialmente nas áreas rurais. O Conselho de Avaliação da Universidade Aga Khan (AKU) adotou uma abordagem inovadora para lidar com este problema, realizando transmissões televisivas das aulas em cinco disciplinas do plano de Certificação da Escola Secundária: inglês, matemática, química, física e biologia. Durante dois anos, com início em Abril de 2010, o programa, em direto e com uma hora de duração, 'Laat: Endeavour for Change [Acão de Mudança]', foi transmitido na Kawish Television Network todas as tardes de segunda a sexta-feira. O programa ofereceu aos alunos e professores de Sinde, do Baluchistão e do sul de Punjab acesso a lições ministradas por professores experientes, assim como os melhores materiais de aprendizagem para permitir que os alunos participem ativamente na sua própria educação. As lições foram destinadas a 35 000 alunos com idades entre os 14 e os 15 anos que vivem nos distritos-alvo. Uma avaliação das audiências em 16 distritos, 11 em Sinde e 5 no Baluchistão, mostrou que dois terços dos inquiridos assistiram ao programa e um quarto fê-lo todos os dias. "Sentimos que devemos ter um papel na oferta do acesso a uma educação de qualidade a crianças de áreas remotas, para que estas também possam ter a mesma oportunidade de aprender", disse Ali Qazi, Diretor Executivo da KTN, o primeiro canal privado de televisão em língua sindi do Paquistão. Os estudantes sentiram-se especialmente atraídos pela tecnologia inovadora usada nas transmissões - um quadro interativo no qual os apresentadores projetavam imagens e informações. A utilização deste quadro por parte dos instrutores também estimulou os professores no Paquistão a utilizar diagramas, fotos, vídeos, testes de escolha múltipla e uma variedade de outras ferramentas para ir além dos métodos tradicionais de ensino que apostam na aprendizagem mecânica e, ao invés disso, envolver os alunos em metodologias que reforçam as suas competências de pensamento crítico. Hoje em dia, as lições-modelo de Laat estão disponíveis para qualquer pessoa com uma ligação à internet ou um leitor de DVD. Estão disponíveis online (www.learningsupport.akueb.edu.pk) e também em DVD noventa horas de aulas por disciplina, juntamente com notas e perguntas de exames práticos. Foram incluídas vinte e nove horas de trabalho prático de laboratório na área das ciências para aumentar a capacidade dos alunos no reconhecimento de conceitos científicos práticos e a capacidade dos professores na condução de atividades de laboratório. A popularidade deste conteúdo traduziu-se em 39 000 visitas ao site de aprendizagem do Conselho de Avaliação. Para inúmeros estudantes e professores que procuram o sucesso em condições desafiantes, o projeto Laat oferece e continuará a oferecer o benefício duradouro de uma experiência excecional de aprendizagem.