Está aqui

Está aqui

  • A AKAH e os seus parceiros colaboram na identificação de fornecedores e na contratação de fábricas de costura locais para conseguir colocar o material de EPI nas mãos dos profissionais de saúde numa questão de dias.
    AKAH
Agência Aga Khan para o Habitat
Proteger os profissionais de saúde da linha de frente no Tajiquistão

Parcerias públicas, privadas e da sociedade civil em ação

Com a identificação de casos de COVID 19 no Tajiquistão, as comunidades de todo o país estão a juntar-se ao Governo do Tajiquistão, sector privado, comunidade internacional e às agências da Rede Aga Khan para o Desenvolvimento para encontrar soluções inovadoras para proteger os trabalhadores da saúde e reforçar o sistema de saúde durante a pandemia.

No Oblast Autónomo de Gorno Badakhshan, no Tajiquistão, o Governador do Oblast, Yodgor Fayzov, em colaboração com o Ministério da Saúde e da Proteção Social e o Comité para Situações de Emergência e Defesa Civil, identificou uma necessidade vital de equipamento de proteção pessoal adicional para os profissionais de saúde em todo o Oblast.

O Gabinete do Governador, em cooperação com a Agência Aga Khan para o Habitat no Tajiquistão (AKAH) e os Serviços Aga Khan para a Saúde (AKHS), criou rapidamente uma comissão com parceiros do sector privado no Oblast para identificar fornecedores de material e envolver de forma célere as fábricas de costura e as costureiras locais na produção de equipamentos de proteção de alta qualidade. Devido ao apoio de parceiros importantes da comunidade internacional, como o governo da Suíça e a União Europeia, os trabalhadores de saúde em todo o Oblast receberam um conjunto inicial de equipamentos de proteção pessoal apenas alguns dias após o início desta iniciativa.

Kabirova Majida, diretora de um centro de produção de Darvoz chamado Mehri Modar, que trabalhou sem parar com a sua equipa para completar a sua parcela da quantidade exigida, afirmou: “Estamos orgulhosos por termos sido chamados a dar o nosso melhor para ajudar o governo e as agências internacionais a prevenir a propagação do coronavírus no Tajiquistão. Ao produzir estes EPI, estamos a contribuir para manter os nossos médicos e profissionais de saúde protegidos contra o vírus.”

O governador Yodgor Fayzov disse, agradecendo este apoio: “Os nossos médicos ficaram muito satisfeitos com a rapidez com que a AKAH se mobilizou para responder a esta solicitação e com os esforços desenvolvidos para garantir a qualidade dos EPI produzidos. Acreditamos que esta contribuição irá reforçar a resiliência dos nossos sistemas de saúde na gestão da disseminação e impacto da COVID-19.”

Com base nesta colaboração, o Gabinete do Governador trabalhou com grupos da sociedade civil regional no Oblast da Capital Khorog para apoiar os esforços do Serviço Epidemiológico do Estado ao nível do saneamento e consciencialização em todos os bairros, em cooperação com os Serviços Aga Khan para a Saúde e o Programa de Apoio ao Desenvolvimento das Sociedades de Montanha. O Gabinete do Governador está igualmente a colaborar com a AKAH para criar hospitais de campanha para serem usados como unidades de triagem do Centro Médico Aga Khan em Khorog.