Está aqui

Está aqui

  • O The First MicroFinanceBank do Paquistão oferece microempréstimos a clientes que vivem isolado vale montanhoso de Chitral. Estes empréstimos têm permitido às mulheres melhorarem o seu padrão de vida.
Agência Aga Khan para o Microfinanciamento
O Banco de Microfinanciamento no Paquistão recebe o prémio Categoria Prata do CGAP para a Divulgação do Impacto Social

Segundo Prémio Consecutivo de Divulgação do Desempenho Social

O The First MicroFinanceBank Ltd. do Paquistão (FMFB-P), uma instituição da Agência Aga Khan para o Microfinanciamento, recebeu um certificado de reconhecimento na categoria prata pela divulgação dos indicadores sociais à Microfinance Information Exchange (MIX) pela afiliada do Banco Mundial, CGAP (Grupo Consultivo de Assistência aos Pobres), no ano de 2010. Este é o segundo prémio consecutivo de Divulgação do Desempenho Social que o FMFB-P vence. O prémio foi lançado em 2009 pelo CGAP, em conjunto com os seus parceiros, a Fundação Michael & Susan Dell, a Fundação Ford e o Grupo para o Desempenho Social (SPTF).

O prémio destina-se a promover uma maior transparência da divulgação do desempenho social das Instituições de Microfinanciamento (IMF) e reconhece os esforços das IMF na criação de uma forte perspetiva de desempenho social dentro das suas organizações.

Cerca de 350 IMF enviaram relatórios acerca do seu desempenho social à MIX para o prémio deste ano, superando facilmente os 200 que foram recebidos em 2009. "Esta é uma tremenda resposta ao nosso pedido por maior transparência", disse Xavier Reille, Especialista Principal em Microfinanciamento do CGAP. “Assistimos quase a uma duplicação do número de inscrições para os prémios em apenas um ano, e isso mostra a sinceridade das IMF na sua missão de fornecer serviços financeiros às pessoas mais carenciadas, assim como aos seus próprios resultados financeiros."

“O FMFB tem trabalhado nos últimos dois anos para criar o seu próprio conjunto exclusivo de indicadores de medição da pobreza e para integrar os seus esforços de medição dos níveis de pobreza dos clientes em todo o país”, disse Hussain Tejany, Presidente/Diretor do FMFB. Acrescentou ainda que o FMFB-P tem vindo a trabalhar com um conjunto de indicadores de monitorização de desempenho social que foram desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho para o Desempenho Social em cooperação com os líderes do sector. Alguns dos indicadores importantes incluíam a extensão da medição dos níveis de pobreza dos seus clientes por parte das IMF e as ferramentas de medição da pobreza que estavam a ser usadas.

Os Prémios de Divulgação de Desempenho Social providenciam um parâmetro àqueles que queiram avaliar o compromisso de uma IMF em mostrar o seu progresso na ajuda aos seus clientes, no apoio aos seus funcionários e na proteção do ambiente. As IMF em todo o mundo têm mostrado um forte compromisso para com a transparência e a responsabilidade nos seus esforços de redução da pobreza, com um crescente número a divulgar os benefícios sociais das suas atividades aos seus investidores e ao público.

Para obter mais pormenores, por favor, contacte: 

Salimah Shiraj
Diretor de Comunicações & Gestão de Marca
The First MicroFinanceBank Ltd
Tel: +92-21-35822432, 35370095
Fax: +92-21-35822434
Email: salimah.shiraj@mfb.com.pk

NOTAS

Acerca do Prémio

Os Prémios de Divulgação de Desempenho Social providenciam um parâmetro àqueles que queiram avaliar o compromisso de uma IMF em mostrar o seu progresso na ajuda aos seus clientes, no apoio aos seus funcionários e na proteção do ambiente.

Os prémios recompensam a abertura e a responsabilidade na divulgação destas medidas, e não na sua realização efetiva. Mais de 200 IMF apresentaram à MIX relatórios acerca do seu desempenho social em 2009, e este número aumentou significativamente na segunda edição do prémio, chegando às 350 inscrições.

Para se qualificar, as IMF disponibilizam relatórios acerca de um conjunto de indicadores de monitorização de desempenho social que foram desenvolvidos e aperfeiçoados pelo Grupo de Trabalho para o Desempenho Social em cooperação com líderes do sector. Um dos indicadores mais importantes é a extensão da medição dos níveis de pobreza dos clientes por parte das IMF e as ferramentas de medição da pobreza que estão a utilizar.

Os prémios dividem-se em três níveis de reconhecimento:

  • PRÉMIO OURO: concedido às IMF que completem o relatório, que forneçam dados acerca das medições do nível de pobreza e que tenham uma classificação social que inclua uma auditoria da ferramenta de avaliação da pobreza usada pela IMF.
  • PRÉMIO PRATA: concedido às IMF que completem o relatório e que forneçam dados acerca das medições do nível de pobreza.
  • CERTIFICADO: concedido a IMF que completem o Relatório de Referência de Desempenho Social. 

Em 2010, 19 IMF receberam o Prémio Ouro, 32 venceram o Prémio Prata e 122 foram distinguidos com um certificado. Para além disso, cinco redes receberam uma distinção pela sua forte divulgação social junto dos seus afiliados.

Acerca da MIX

A Microfinance Information Exchange, Inc. (MIX) é o principal prestador de informações comerciais dedicado ao fortalecimento do sector do microfinanciamento. A MIX é uma organização sem fins lucrativos constituída em Junho de 2002, com sede em Washington, D.C., e com escritórios regionais no Peru, Marrocos e Índia. A MIX foi fundada pelo CGAP (Grupo Consultivo de Assistência aos Pobres) e é patrocinada pela Fundação Citi, Fundação Deutsche Bank Americas, FIDA, Fundação Bill & Melinda Gates e pela Rede Omidyar.

O foco principal da organização está no fornecimento de dados e análises objetivos acerca de prestadores de serviços de microfinanciamento. Ao fazê-lo, a MIX promove a transparência financeira no sector e ajuda a construir infraestruturas de informação nos países em desenvolvimento. Esta iniciativa aborda um desafio-chave para o sector do microfinanciamento: a falta de informações fiáveis, comparáveis e publicamente disponíveis acerca da solidez financeira e do desempenho das instituições de microfinanciamento, assim como do seu impacto social. A MIX disponibiliza informações detalhadas acerca do desempenho financeiro e social de instituições de microfinanciamento (IMF), assim como informações comerciais por parte de mediadores de mercado e de grandes organizações de doadores e investidores em microfinanciamento. Isto consegue-se através da bolsa de informações online MIX Market (www.mixmarket.org)e através de uma variedade de publicações, incluindo o Boletim de MicroBanking e relatórios e análises acerca dos sectores de microfinanciamento regionais e nacionais.

Acerca do The First MicroFinanceBank Ltd. Paquistão

O The First MicroFinanceBank Ltd, uma parte da Agência Aga Khan para o Microfinanciamento (AKAM), é um banco de microfinanciamento não comercial, do sector privado, licenciado pelo Banco do Estado do Paquistão. O FMFB esforça-se para atenuar o flagelo da pobreza através do desenvolvimento económico sustentável, oferecendo serviços de crédito, poupança e seguro de vida, em conjunto com serviços eficientes e económicos de transferência de fundos. Opera em 147 localidades, incluindo 83 filiais automatizadas em todo o Paquistão, assim como em 64 estações de correios do Paquistão. Até Dezembro de 2009, o FMFB já tinha desembolsado mais de 15,46 mil milhões de rupias paquistanesas (167 milhões de euros) na forma de 862 500 empréstimos, criando uma base de depósitos de 5,22 mil milhões de rupias paquistanesas (54 milhões de euros).

Acerca da Agência Aga Khan para o Microfinanciamento (AKAM)

Desde a sua criação em 2005, a AKAM reuniu em si mais de 25 anos de atividades, programas e bancos de microfinanciamento que tinham sido administrados pelas suas agências irmãs no seio da Rede Aga Khan para o Desenvolvimento. Os objetivos principais da AKAM passam por reduzir a pobreza, diminuir a vulnerabilidade das populações mais carenciadas e minimizar a exclusão económica e social. A AKAM é uma agência de desenvolvimento internacional não-confessional sem fins lucrativos, criada de acordo com a lei suíça. A sua sede está localizada em Genebra, Suíça. É gerida por um Conselho de Administração independente. O Presidente do Conselho é Sua Alteza o Aga Khan.