Está aqui

Está aqui

  • Em Analamanga, uma região no centro de Madagáscar, o cultivo durante o período de entressafra contribui para uma dieta melhor e mais variada para os agricultores e as suas famílias.
    AKDN / Lucas Cuervo Moura
Fundação Aga Khan
Garantir alimentos nutritivos para uma saúde melhor

A Fundação Aga Khan (AKF) trabalha com comunidades e organizações de aldeia para permitir que as pessoas - especialmente aquelas que vivem em áreas geograficamente remotas - melhorem a sua saúde e bem-estar, e alcancem todo o seu potencial. Melhorar o estado nutricional e criar uma maior consciencialização acerca da ligação entre nutrição e saúde são pontos fulcrais nestas iniciativas.

Em 2005, quando a AKF começou a trabalhar em Madagáscar, as famílias das comunidades de produtores de arroz comiam, por vezes, apenas uma refeição por dia durante o período de entressafra entre as colheitas. Até hoje, mais de 80.000 produtores de arroz aprenderam a produzir mais arroz, com uma melhor qualidade e em menor tempo, e as suas famílias já não precisam de lidar com o problema da fome crónica. A AKF está atualmente a trabalhar com estes agricultores para melhorar os terrenos e os solos durante o período de entressafra, para plantar hortas de frutas e legumes que possam contribuir para uma dieta melhor e mais variada. 

Em Cabo Delgado, a província mais setentrional de Moçambique, as populações têm uma saúde e nutrição particularmente precárias. Como resultado disto, uma em cada duas crianças sofre de desnutrição. Para ajudar a resolver este problema, a AKF ensinou as mães a preparar papas enriquecidas para garantir uma boa nutrição aos seus filhos.

Como resposta às carências de vitaminas nas regiões remotas e montanhosas da República do Quirguistão, a Fundação promoveu a construção de hortas familiares. Em grandes altitudes, era difícil cultivar vegetais como a cenoura e o tomate, mas com o apoio da AKF e dos seus parceiros, foram criadas 160 hortas familiares em mais de 20 aldeias. Para contribuir ainda mais para a diversidade alimentar e melhorar a nutrição na região, a AKF ajudou os pequenos agricultores a construir estufas solares de estilo chinês, onde os vegetais pudessem crescer durante o inverno, mesmo quando as temperaturas caíssem para o -20° C.

As hortas familiares de grandes altitudes na República do Quirguistão foram replicadas em diferentes regiões geográficas, incluindo no sul do Egipto. Em Assuão, uma das províncias mais pobres do país, as mulheres estão atualmente a melhorar o seu estado nutricional e os seus rendimentos, através do cultivo de hortas nos telhados.

Em todo o mundo, a AKF apoia iniciativas de saúde e nutrição que abrangem mais de 800.000 pessoas.

Recentemente na AKDN

Em destaque
16 Outubro 2019
Ver
10 Outubro 2019
Ver