Está aqui

Está aqui

  • Com uma equipa de extensão composta por mais de 1.000 funcionários, a Frigoken Ltd. trabalha de mãos dadas com os pequenos agricultores na implementação de práticas agrícolas sustentáveis que aumentem a produtividade e, em última análise, os rendimentos dos agricultores. A Frigoken está em conformidade com o padrão Global GAP - um padrão internacional que defende e promove a implementação das Boas Práticas Agrícolas.
    AKDN / Lucas Cuervo Moura
Frigoken Limited
Envolver os pequenos agricultores quenianos na cadeia de valor

Quando os agricultores vão para além da agricultura de subsistência e passam a produzir excedentes, as economias locais experienciam uma infusão de capital que, por sua vez, leva ao desenvolvimento de pequenas empresas, à formação de novos mercados e à injeção em economias fracas. No entanto, surgem com frequência grandes obstáculos à sustentação desse crescimento, incluindo a natureza sazonal da agricultura; o acesso limitado ao financiamento para comprar matérias-primas agrícolas de qualidade; o acesso limitado ao conhecimento acerca das boas práticas agrícolas e tecnologias apropriadas; e um baixo acesso garantido ao mercado.

Para resolver estes problemas, a Frigoken Limited, uma empresa do Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico, tem procurado criar um futuro melhor para os pequenos agricultores rurais do Quénia. Em vez de cultivar em explorações agrícolas controladas por empresas ou de grande escala, a Frigoken envolve-se diretamente com pequenos agricultores para produzir vários produtos agrícolas, incluindo feijão-verde. A Frigoken oferece aos agricultores uma gama de serviços, incluindo garantias de preço; mercado assegurado; fornecimento de matérias-primas de alta qualidade certificada; serviços de ampliação agrícola sem custos para o agricultor, entre outros. 

Ao ser capaz de produzir ao longo de todo o ano (e não apenas quando existe uma maior procura durante o inverno na Europa, como é o caso da exportação de produtos frescos), a Frigoken oferece um rendimento estável aos agricultores, a maioria dos quais com terrenos com menos de um hectare, sendo que apenas 200 metros quadrados são usados para o cultivo de produtos. 

Hoje em dia, a Frigoken é o maior exportador de feijão-verde processado do Quénia, fornecendo produtos de nicho de mercado a grandes redes de supermercados na Europa. Atualmente, a empresa dá emprego direto a mais de 3.000 pessoas, a maioria mulheres, e apoia quase 100.000 pequenos agricultores nas áreas rurais do Quénia. 

A Frigoken tem várias certificações internacionais e recebeu diversos prémios pelo seu modelo de negócios inclusivo e pelas suas práticas empresariais responsáveis. Reconhecendo a importância dos seus funcionários para o negócio, a Frigoken vem pondo em prática um programa bem-sucedido de bem-estar no local de trabalho, disponibilizando igualmente uma creche para os filhos dos funcionários. A empresa também leva a cabo vários projetos sociais e ambientais nas comunidades em que atua. Até hoje, por exemplo, a Frigoken já plantou mais de 3,5 milhões de árvores através da sua produção agroflorestal.

Recentemente na AKDN

Em destaque