Está aqui

Está aqui

  • A Pamir Energy, uma empresa de projeto do Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico.
    AKDN / Matthieu Paley
A Pamir Energy vence o prestigioso Prémio Ashden pelo fornecimento de energia limpa ao leste do Tajiquistão e ao norte do Afeganistão

Londres, Reino Unido, 12 de junho de 2017- A Pamir Energy venceu o Prémio Internacional Ashden 2017 para o Aumento do Acesso à Energiapelo seu trabalho de fornecer energia hidroelétrica a 220 000 pessoas no leste do Tadjiquistão e a 35 000 pessoas no norte do Afeganistão, assim como a muitas empresas, escolas e centros de saúde.

Os Prémios Ashden são uma medida de excelência reconhecida mundialmente no campo da energia sustentável. Os vencedores internacionais recebem 20 000 libras como prémio, assim como um pacote personalizado de apoio às empresas para desenvolverem o seu trabalho.

A área de Viloyati Mukhtori Kuhistoni Badakhshan (VMKB), onde a Pamir Energy opera, não está ligada à principal rede nacional do Tajiquistão e perdeu a maior parte das suas infraestruturas elétricas na sequência do colapso da União Soviética. Há quinze anos, apenas 13% das habitações da região tinham energia fiável. 

Para resolver estes graves problemas energéticos, em 2002, o Governo do Tajiquistão, a Corporação Financeira Internacional e a Rede Aga Khan de Desenvolvimento (AKDN) criaram a Pamir Energy, a primeira parceria público-privada do Tajiquistão. A Pamir Energy (uma empresa de projeto da AKDN) tem um acordo com o Governo do Tajiquistão para fornecer energia a toda a área de VMKB até 2027. 

Desde 2002, a Pamir Energy restaurou 11 microcentrais hidroelétricas e modernizou 4300 km de linhas de transmissão, assim como instalações de distribuição. Durante as fases críticas do projeto, o governo suíço, através da Secretaria de Estado de Assuntos Económicos (SECO), providenciou apoio vital mediante um plano inovador de apoio ao cliente e o fornecimento de tecnologia que garantisse um acesso económico por parte das famílias mais carenciadas de VMKB.

Hoje, 96% das habitações em VMKB, cerca de 220 000 pessoas, têm acesso a energia limpa, fiável e acessível. Em 2008, a empresa começou a exportar energia através do rio Panj para comunidades no norte do Afeganistão - algumas receberam eletricidade pela primeira vez na sua história. Atualmente, existem 35 000 afegãos ligados à rede. A empresa planeia chegar a mais alguns milhares de clientes no Afeganistão nos próximos anos e expandir as suas operações para o norte do Paquistão até 2025.

A introdução da energia hidroelétrica tem mudado a vida de muita gente na região de VMKB. A vida doméstica é agora menos complicada: cozinhar, lavar e passar a ferro tornou-se mais fácil, a água pode ser fervida rapidamente e os duches são de água quente. As pessoas estão mais saudáveis, agora que o risco de distúrbios respiratórios - devido anteriormente à queima de lenha para aquecimento e cozinhar - foi reduzido, tendo o custo médio por habitação com a energia baixado cerca de 98 dólares, para 15 dólares por mês. 

A redução da desflorestação para a obtenção de lenha tem ajudado a reduzir o risco de deslizamentos de terra e avalanches, e a zona tem hoje mais oportunidades graças à fiabilidade da energia. As escolas têm acesso à internet e as empresas comerciais, como cafés e padarias, estão a prosperar. As instalações médicas são hoje mais eficazes, agora que a medicação pode ser refrigerada em segurança e os cirurgiões podem usar equipamentos mais seguros e modernos. 

De acordo com o júri do Prémio Ashden: “A abordagem da Pamir Energy no fornecimento de energia hidroelétrica a toda a população de uma área montanhosa remota é altamente replicável e pode ser aplicada noutras regiões montanhosas de difícil acesso pelo mundo. Ao lidar com toda uma variedade de necessidades de energia e de distribuição eficaz, a empresa está a criar uma enorme mudança na vida dos habitantes locais."

Usmonali Usmonzoda, Ministro da Energia e Recursos Hídricos da República do Tajiquistão, disse: “O Governo do Tajiquistão está orgulhoso por receber este prestigiado prémio que reconhece os esforços que foram feitos para providenciar um serviço energético limpo, fiável e acessível às comunidades montanhosas de VMKB. As parcerias com a Rede Aga Khan de Desenvolvimento, a Corporação Financeira Internacional e outros parceiros de desenvolvimento como a SECO, KfW, Patrip Foundation, o governo norueguês e a USAID, permitiram-nos potenciar uma variedade de diferentes competências e capacidades para ajudar a tornar este serviço um sucesso, e que apoie o desenvolvimento socioeconómico de VMKB, Tajiquistão e ajude a fortalecer os laços com os nossos vizinhos do Afeganistão."

Daler Jumaev, Diretor-Geral da Pamir Energy, disse: “A Pamir Energy sente-se honrada por esta parceria com o Governo do Tajiquistão e por ser reconhecida pelo comité dos Ashden International Awards como um modelo de desenvolvimento de energia sustentável. Este prémio é prova do poder das parcerias público-privadas e dos parceiros de desenvolvimento no fornecimento de energia sustentável na Ásia Central e na promoção do desenvolvimento socioeconómico da região."

A Pamir Energy receberá o seu Prémio Ashden na quinta-feira, 15 de junho de 2017, numa cerimónia de prestígio na Royal Geographical Society, em Londres. O apresentador do Channel 4, Krishnan Guru-Murthy, será o apresentador principal, com o discurso de abertura a ficar a cargo do ex-vice-presidente dos EUA Al Gore.

Questões de imprensa:

Para a Pamir Energy: Dastanbui Mamadsaidov

Tel: +992 93 5894877

Email: dastanbui.mamadsaidov@pamirenergy.com

 

Para a AKDN: Sam Pickens

Tel. +41229097200

Email:info@akdn.org

 

Para a Asdhen: Emma Frost
Tel: +44 (0) 20 7410 7068, 07821 208457

Email: emma.frost@ashden.org

 

Estão disponíveis fotos, um vídeo de 1 minuto e um estudo de caso detalhado de cada vencedor do Prémio aqui: 
www.ashden.org/winners/2017/pamir-energy

 

Estão disponíveis gravações de alta qualidade mediante solicitação. 

Notas para os Editores

  1. A Pamir Energy é uma empresa de projeto do Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico, o qual faz parte da Rede Aga Khan de Desenvolvimento. A AKDN é uma das principais organizações internacionais de desenvolvimento do mundo, com atividades nas áreas do desenvolvimento social e económico e cultura. A AKDN trabalha em 30 países de todo o mundo e emprega aproximadamente 80 000 pessoas, a maioria das quais vive em países em desenvolvimento. A AKDN trabalha para melhorar a qualidade de vida de comunidades no mundo em desenvolvimento sem levar em conta a religião, origem ou género. www.akdn.org

2.   Desde que os Prémios Ashden foram criados em 2001, a Ashden já premiou mais de 190 empresas de todo o mundo, as quais já melhoraram, em conjunto, e até agora, as vidas de cerca de 79 milhões de pessoas, poupando mais de dez milhões de toneladas de emissões de CO2 todos os anos. www.ashden.org

3.   Osfinanciadores dos Prémios Ashden 2017 incluem a Citi,Ecotricity, Fundação Esmée Fairbairn, Fundação Garfield Weston, Grosvenor, Fundação IKEA, Impax Gestão de Ativos, Fundação Oak, UK aid e a Fundação Waterloo. 

4.   A Cerimónia de Atribuição de Prémios tem lugar na quinta-feira, 15 de junho de 2017, pelas 19h. Os bilhetescustam 30 libras. Para credenciais de imprensa, entre em contacto com Ann Noon, ann.noon@ashden.org, 020 7630 2903. 

5.  Os outros vencedores do prémio International Ashden Award 2017 são:

Empower Generation - Prémio Ashden de Energia Limpa para Mulheres e Raparigas 

PEG Africa - Prémio Ashden para Financiamento Inovador

Haileybury Youth Trust - Prémio Ashden para Edifícios Sustentáveis, 

Futurepump - Prémio Ashden para Energia e Água Sustentáveis 

Serviço de Bicicletas de Hangzhou - Prémio Ashden para Transporte Sustentável 

Ecolibrium - Prémio Ashden para Empresas Energéticas 

Mobisol - Prémio Especial do Júri