Está aqui

Está aqui

  • Estiveram presentes na cerimónia comemorativa do início do fluxo de eletricidade do Tajiquistão para o Afeganistão (da esquerda para a direita): Nourali Rioyev, Primeiro Vice-Governador do Oblast Autónomo de Gorno-Badakhshon; Aleem Walji, Presidente Executivo da Fundação Aga Khan EUA; Aziz Giyoyev, Governador do Distrito de Shugnan, no Tajiquistão; Abdulishoki Yakubi, Primeiro Secretário do Consulado Geral do Afeganistão em Khorog, Tajiquistão; Leslie Hayden, Encarregada de Negócios da Embaixada dos EUA no Tajiquistão; e Mirza Qasim Paymon, Governador do Distrito de Shegnan, no Afeganistão.
    AKDN
O Governo dos Estados Unidos & a Fundação Aga Khan abrem nova linha de transmissão transfronteiriça

Khorog, Tajiquistão, 27 de maio de 2016 - Quase 3000 pessoas em Deshor e Wiriz, no Afeganistão, têm pela primeira vez na sua história acesso a energia limpa, acessível e renovável. As aldeias estavam ligadas à rede como parte do projeto de Energia Transfronteiriça no Distrito de Shugnan, financiado com um donativo 1 milhão de dólares da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e uma contribuição complementar de 464 000 dólares por parte da Fundação Aga Khan.

Para além das aldeias ligadas recentemente, o projeto ajudou a Pamir Energy a atualizar os seus sistemas e infraestruturas existentes, estabelecendo as bases para uma expansão posterior e a melhoria dos serviços para os clientes de ambos os lados da fronteira entre o Tajiquistão e o Afeganistão.

O acesso a eletricidade fiável leva diretamente a melhorias na qualidade de vida: os rendimentos aumentam na medida em que as empresas aumentam a produção e as pessoas gastam menos dinheiro e fazem menos esforços a recolher combustível para aquecimento e iluminação; os resultados escolares melhoram devido ao facto de as crianças terem luz para estudar à noite e durante os meses escuros de inverno; e uma redução na poluição do ar no interior das habitações significa uma diminuição acentuada na taxa de doenças pulmonares e oculares. Em combinação com investimentos em pontes, mercados e estradas de ligação, a eletricidade irá promover o comércio e o desenvolvimento económico, demonstrando os verdadeiros benefícios das ligações transfronteiriças entre o Tajiquistão e o Afeganistão.

Hoje, os representantes dos governos dos Estados Unidos, Tajiquistão e Afeganistão, e daRede Aga Khan de Desenvolvimento reuniram-se para comemorar a ligação de duas aldeias no Afeganistão à rede elétrica da Empresa de Capital Coletivo da Pamir Energy do Tajiquistão.

Quase 100 membros da comunidade local reuniram-se para celebrar a ocasião.

A Encarregada de Negócios da Embaixada dos EUA, Leslie Hayden, e o Diretor-Geral da Pamir Energy, Daler Jumaev, acionaram em conjunto um interruptor no polo de transmissão por onde passam as linhas que atravessam a fronteira, assinalando o fluxo de eletricidade entre os dois países. O Primeiro Vice-Governador do Oblast Autónomo de Gorno-Badakhshan, Nourali Rioyev, e o Primeiro Secretário afegão, Abdulishoki Yakubi, em conjunto com outros funcionários, também participaram na comemoração.

 

NOTA

Fundação Aga Khan estabelece parcerias com comunidades, organizações sem fins lucrativos, empresas, governos e líderes locais para realizar investimentos de longo prazo, construir instituições permanentes e desenvolver uma sociedade civil ativa com o objetivo de quebrar o ciclo da pobreza e melhorar a qualidade de vida das pessoas por toda a África e Ásia. Impulsionados pela nossa crença na nossa humanidade partilhada, há quase 50 anos que trabalhamos pelo bem comum de todos os cidadãos, independentemente do género, origem ou religião. Acreditamos em aproveitar o melhor de cada pessoa de todos os quadrantes da sociedade para a construção de um melhor futuro juntos. A Fundação Aga Khan EUA é uma organização sem fins lucrativos, isenta de impostos, de acordo com a secção 501(c)(3) do Internal Revenue Code.

A Fundação é um membro da Rede Aga Khan de Desenvolvimento, uma das principais redes mundiais de resposta ao problema da pobreza, criada por Sua Alteza o Aga Khan. A Rede Aga Khan de Desenvolvimento ajuda a melhorar a qualidade de vida de dezenas de milhões de pessoas anualmente em 30 países, com o apoio global por parte da Fundação Aga Khan. A abordagem multissectorial integrada da AKDN ao desenvolvimento é baseada em décadas de experiência, aprendizagem e avaliação. A Rede emprega mais de 80 000 pessoas com um orçamento de cerca de 625 milhões de dólares para atividades sociais e culturais sem fins lucrativos. O braço comercial da Rede, com fins lucrativos, constrói empresas economicamente sólidas no mundo em desenvolvimento, gerando receitas anuais de cerca de 4,1 mil milhões de dólares, com os excedentes a serem reinvestidos em atividades de melhoria do desenvolvimento e da qualidade de vida das comunidades que vivem em regiões frágeis, remotas ou com conflitos recentes.

AUSAID é a principal agência governamental americana empenhada na prosperidade social e económica em conjunto com os povos da Ásia Central. O nosso trabalho promove a cooperação regional e a prosperidade generalizada, expandindo o comércio e os mercados diversificados e competitivos, aumentando a cooperação regional na partilha de energia e recursos hídricos, e promovendo instituições administrativas mais eficazes e inclusivas que contribuam para o bem público.

Para mais informações, contacte, por favor:

Martha Sipple

Gestora de Comunicações e Assuntos Públicos da Fundação Aga Khan EUA

Email: martha.sipple@akdn.orgTelefone: (1) 202-293-2537

 

Dastanbui Mamadsaidov 

Gestor de Parcerias Estratégicas da Pamir Energy OJSC

Khorog, Tajiquistão

Email: dastanbui.mamadsaidov@pamirenergy.comTelefone: (992) 3522223383