Está aqui

Está aqui

  • Basel Rajoub & Soriana Project.
    AKMI
O ACNUR seleciona os artistas da lista da AKMI, Basel Rajoub e Soriana Project para atuar nas comemorações do Dia Mundial do Refugiado da ONU

Genebra, Suíça, 20 de Junho de 2016 - O saxofonista e compositor sírio Basel Rajoub e o seu Soriana Project foram os artistas escolhidos para atuar nas comemorações do Dia Mundial do Refugiado de 2016 na sede do ACNUR em Genebra. Celebrado pela primeira vez em 2001, o Dia Mundial do Refugiado é comemorado todos os anos no dia 20 de Junho com o objetivo de exaltar a “força, coragem e perseverança de milhões de refugiados”, segundo o ACNUR, a Agência de Refugiados da ONU. 

Rajoub e Soriana fazem parte da lista de artistas da Iniciativa Aga Khan para a Música (AKMI), que apoia músicos e formadores musicais de 11 países da Ásia, África e Médio Oriente que trabalham para preservar, revitalizar e transmitir o seu património musical às novas gerações de artistas e públicos.

Soriana traduz-se como “A Nossa Síria” e é um projeto que reúne eminentes intérpretes-compositores-improvisadores da Síria e do Ocidente que criam músicas contemporâneas inspiradas no rico património cultural do Médio Oriente. Rajoub, que vive longe da sua Síria natal, afirma que se tem sentido sustentado pelo conhecimento do seu próprio património cultural que carrega consigo. "Este dom do conhecimento musical permaneceu comigo durante muitas viagens, durante as quais tem apaziguado feridas, inspirado a criatividade e fornecido uma plataforma de estabilidade", disse Rajoub.

Rajoub, nascido em Alepo, na Síria, e atualmente a viver na Suíça, irá participar no Dia Mundial do Refugiado em colaboração com os músicos do Soriana Project, Feras Charestan, de Al-Hasakeh, no nordeste da Síria, que vive atualmente em Estocolmo e é um virtuoso músico deqanun, um género de cítara com raízes antigas no Médio Oriente; a vocalista Lynn Adib, nascida em Damasco e a viver atualmente em Paris; e o percussionista italiana Andrea Piccioni, um dos principais intérpretes de adufe de uma variedade de tradições da world music. Em Maio de 2016, Basel Rajoub e o Soriana Project lançaram a sua primeira gravação conjunta, “The Queen of Turquoise”, pela editora Harmonia Mundi da Jazz Village, uma companhia discográfica internacional conhecida pelo seu catálogo de música clássica e jazz.

A Iniciativa Aga Khan para a Música (AKMI) apoia a formação e a produção musical - tanto amadora como profissional - destinadas e no seio de comunidades deslocadas. Apesar de o apoio à música e outras formas de expressão cultural seja frequentemente visto como uma prioridade secundária em programas de assistência humanitária para refugiados, a AKMI acredita que a arte e a música oferecem um recurso único e podem encorajar a esperança e fornecer uma ligação intangível, mas indestrutível, à memória cultural que poderá vir a ser o catalisador de uma revitalização cultural.

Para mais informações sobre Basel Rajoub e o Soriana Project, e sobre a Iniciativa Aga Khan para a Música, siga os seguintes links:

http://sorianaproject.com(Soriana Project)

http://www.akdn.org/akmi(Iniciativa Aga Khan para a Música)