Está aqui

Está aqui

  • Asfiyo ajuda a sua equipa a preparar-se para um simulacro com refugiados.
    AKDN
Conheça Asfiyo: Uma mulher de etnia pamiri que salva vidas em ações de busca e salvamento

Chamo-me Asfiyo e tenho um enorme orgulho por fazer parte da equipa da Agência Aga Khan para o Habitat (AKAH) no Tajiquistão enquanto membro da Equipa de Busca e Salvamento da AKAH. Hoje tive a oportunidade de participar num exercício nacional de alto nível, no qual o Comité para Emergências e Defesa Civil do Tajiquistão simulou a resposta a um grande terramoto na minha cidade natal, Khorog. 

Não há sítio como a nossa casa, e o meu percurso no sentido de proteger os meus amigos e familiares começou quando me juntei há muitos anos à Equipa da AKAH como membro da Equipa Comunitária de Resposta a Emergências. Eu e os meus colegas de equipa estamos muito entusiasmados por estar na primeira linha de defesa de Khorog em caso de emergência, colocando os nossos bairros e comunidades em segurança nas primeiras horas após uma emergência e certificando-nos de que tudo está preparado para quando se iniciar a resposta por parte do governo, da AKDN e da comunidade internacional.

Ao longo dos anos, com a formação obtida junto da AKAH e do Comité de Emergências, aprendemos imenso acerca do que significa sermos cidadãos responsáveis no nosso país, e o valor de trabalharmos em equipa com o governo e a AKAH para garantir que estamos todos em sintonia e todos a trabalhar segundo os mesmos elevados padrões.

Na altura era voluntária e fiquei muito feliz quando a AKAH me deu a oportunidade de fazer parte da sua equipa profissional de Busca e Salvamento. Foi um dos trabalhos mais exigentes que já tive, a nível físico, emocional e espiritual, com treinos de salvamento em alta montanha e em águas rápidas, e formação em todas as outras competências necessárias no nosso terreno. Saber que estamos a representar as instituições da AKDN junto das comunidades e do nosso governo é uma enorme honra e uma responsabilidade levada a sério por todos na nossa equipa. Senti-me muito orgulhosa ao observar a parceria que se tem desenvolvido entre a AKAH e as várias agências governamentais do Tajiquistão, particularmente o Comité de Emergências e as agências de geologia e proteção ambiental, e o modo como esta parceria nos permitiu compreender a forma intensa como o governo está a trabalhar para melhorar as nossas vidas e o quanto valoriza as nossas instituições.

Hoje, como parte deste simulacro, tive a oportunidade de trabalhar lado a lado com as equipas de voluntários da AKAH de Khorog e com o Comité de Emergências neste exercício de simulação de um terramoto de magnitude 7,5 em Khorog. Pela primeira vez, tive a experiência de participar num trabalho conjunto entre voluntários, o Comité de Equipas de Emergência, bombeiros, agências de segurança, os ministérios da saúde e educação, equipas da AKDN e equipas das Nações Unidas e de ONG, com o objetivo comum de salvar vidas. Tenho orgulho na nossa equipa e no facto de o mundo confiar em nós para fazer de algo tão importante para o país.

A Agência Aga Khan para o Habitat, enquanto membro da Equipa Nacional de Coordenação de Ações Rápidas de Emergência (REACT) no Tajiquistão e enquanto gestora da equipa REACT do Oblast Autónomo de Gorno-Badakhshan (GBAO) no Tajiquistão, participou no primeiro simulacro a nível nacional com o governo do Tajiquistão na resposta comunitária a um grande terramoto no GBAO, com o apoio de vários ministérios, da ONU e da comunidade internacional. As equipas de resposta da AKAH e os voluntários colaboraram com a UNOCHA, PNUD, PMA, OIM, ACNUR, UNICEF, a Sociedade Crescente Vermelho e a OSCE ao longo de três dias que incluíram um simulacro de mesa seguido de um simulacro no terreno e que incluíram situações de busca e salvamento, registo e assistência a sobreviventes.