Está aqui

Está aqui

  • Em 2012, as mulheres correspondiam a um terço dos mutuários ativos do Primeiro MicroFinanceBank no Paquistão.
    AKDN / Sandra Calligaro
  • O analista de pesquisa de desempenho social do First MicroFinance Bank (FMFB) Paquistão conduz uma sessão de divulgação de informações.
    AKDN
Microfinanciamento

O First MicroFinanceBank Ltd do Paquistão foi um dos primeiros afiliados da AKAM a ser criado em 2002. Desde então, concedeu mais de 712.65 milhões de dólares em empréstimos a mais de 2.9 milhões de clientes, tendo-se tornado um importante agente no sector do microfinanciamento do país e figurando entre os cinco principais prestadores. Atualmente, mais de um terço dos clientes do Banco são mulheres e dois terços dos mutuários residem em áreas rurais.

O Paquistão é considerado um país em desenvolvimento, com um PIB de 304 mil milhões em 2017. Localizado numa encruzilhada entre a Ásia do Sul, Ásia Central, China e Médio Oriente, encontra-se no centro de um mercado regional e, com uma população superior a 212 milhões de habitantes e recursos amplos e diversificados, apresenta um potencial inexplorado para o comércio. A crescente população em idade ativa no Paquistão exige que o governo ofereça serviços adequados e aumente o emprego. Juntamente com desafios económicos, governativos e de segurança, assim como a suscetibilidade a desastres naturais, o crescimento económico continua a ser uma dificuldade.

É bem reconhecida a capacidade do FMFB em fortalecer a base empresarial de clientes e construir capital financeiro, físico e humano para garantir o seu futuro. Ainda recentemente, entre 2007 e 2018, alguns clientes do Banco receberam distinções a nível nacional e regional pelas suas inovações de empreendedorismo nos Prémios Citi de Microempreendedorismo organizados pela Fundação Citi e pelo Fundo de Combate à Pobreza do Paquistão. A força do Banco enquanto entidade corporativa também é reconhecida. Possui uma classificação de crédito de A+/A-1 com uma perspetiva positiva, de acordo com a agência de notação JCR-VIS. Também tem recebido vários prémios, como a certificação aprovada pelo empregador pela Associação de Contabilistas Certificados (2015), e o Selo de Transparência nos Preços (2014) pela MF Transparency, o prémio de Melhor Instituição Parceira da SBP no Programa Nacional de Literacia Financeira (2018), a certificação SMART para a proteção dos clientes (2018) e o Prémio de Transparência Gold Price Disclosure pela MicroFinanza Rating (2018). O Banco também foi reconhecido pelas suas Inovações Financeiras Digitais. Em 2019, duas das suas inovações, a First Awaaz, um serviço de transmissão online para o Marketing de Produtos e a Literacia Financeira, e o Insta48, uma solução de integração de clientes para tablet, foram reconhecidas nas categorias de Melhor Tecnologia Bancária e Melhor Serviço de Transmissão Online nos prémios Pakistan Digi Awards 2019. Para além disso, a First Family App, uma solução móvel de envolvimento da mão-de-obra, foi nomeada na categoria de Gestão da Mão-de-obra nos prestigiados prémios EFMA Customer Insight e Growth Banking Innovation Awards 2019.

O FMFB-Paquistão oferece produtos e serviços financeiros e multissetoriais específicos, com base nas necessidades crescentes dos seus clientes, incluindo uma vasta gama de produtos de empréstimo flexíveis para responder às diversas necessidades financeiras dos mais carenciados em áreas rurais, urbanas e periurbanas do Paquistão, especialmente mulheres. Para além de assegurar as necessidades dos seus clientes, o Banco também oferece microsseguros com serviços de crédito e poupança que proporcionem proteção contra imprevistos na vida, saúde ou recursos.

Com a sua tradicional concentração nas populações vulneráveis, o FMFB-Paquistão tem procurado garantir um amplo alcance e é a primeira entidade do setor privado a estar representada em todas as províncias do Paquistão. Para além da sua rede de 203 filiais e pontos de venda, introduziu serviços bancários sem filiais nas áreas remotas e carenciadas do Paquistão, em cooperação com os Correios do Paquistão, para promover o acesso a soluções financeiras nas zonas mais remotas do país. Em 2017, devido à crescente disseminação de telemóveis por todos os segmentos socioeconómicos do Paquistão, o Banco lançou o seu departamento de Inovações Financeiras Digitais. Desde então, o Banco já lançou 10 canais de acesso digital que oferecem acesso a serviços financeiros de acordo com a conveniência do cliente, e que incluem uma solução bancária móvel baseada em Dados de Serviço Suplementares Não-Estruturados (USSD) para as zonas remotas de Gilgit Baltistão e Chitral, onde o acesso e a disponibilidade de serviços de internet ainda são diminutos. Estes esforços oferecem uma base de ativos forte e diversificada que garanta a sustentabilidade financeira e operacional do Banco.

Para explorar ainda mais a participação no mercado, assegurando ao mesmo tempo resposta adequada às necessidades financeiras dos mais vulneráveis, o Banco está em processo de atualização da sua infraestrutura tecnológica e de aquisição de um sistema bancário central de última geração. Com o novo sistema implantado, o Banco estará preparado para oferecer serviços financeiros em tempo real e avançar com serviços financeiros digitais.

Com base nas suas principais áreas de desenvolvimento e pesquisa de produtos, nos próximos anos, o Banco continuará a adaptar os seus produtos de acordo com as necessidades das populações-alvo e oferecerá produtos de crédito inovadores, para além de serviços de poupança, seguros e pagamentos para trazer um segmento maior da população para o sistema financeiro formal.