Está aqui

Está aqui

  • Visão noturna do Centro Aga Khan, em Londres.
    Edmund Sumner
  • O Open House London - o maior festival de arquitetura do mundo, que oferece ao público acesso gratuito a mais de 800 edifícios, passeios, conferências e visitas durante um fim de semana todos os anos - atraiu mais de 1200 pessoas ao Centro Aga Khan em Setembro de 2018.
    AKDN / Nayyir Damani
  • O Jardim da Tranquilidade pela Maki & Associates - Centro Aga Khan, Londres.
    Hufton Crow
  • Inauguração do Centro Aga Khan em Londres, com a instalação artística de Rasheed Araeen em fundo.
    AKDN / Anya Campbell
  • Sinalização externa na entrada principal do Centro Aga Khan, Londres.
    Edmund Sumner
Centro Aga Khan

O Centro Aga Khan, a inaugurar no verão de 2018 no centro do Knowledge Quarter em Londres, vai ser um local de ensino, intercâmbio cultural e conhecimento das civilizações muçulmanas.

O Centro Aga Khan, concebido por Maki e Associados e liderado por Fumihiko Maki, um dos atuais arquitetos mais conceituados do Japão, é uma nova base para várias organizações sedeadas no Reino Unido, fundado por Sua Alteza: O Instituto de Estudos Ismailis (IIS), o Instituto Universitário Aga Khan para o Estudo de Civilizações Muçulmanas (AKU-ISMC) e a Fundação Aga Khan no Reino Unido (AKF UK). Estas instituições estão presentes no Reino Unido há muitos anos e fazem parte de uma missão e mandato para melhorar o nível de conhecimento e compreensão das civilizações muçulmanas e ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas a nível mundial.

Através da investigação e de publicações, do ensino superior e de um programa público de palestras e exposições, as organizações localizadas no Centro Aga Khan vão continuar a servir de ligação para melhorar a compreensão das culturas e sociedades muçulmanas. A Biblioteca Aga Khan em Londres alberga as coleções exclusivas do IIS e o AKU-ISMC, fornecendo o espaço para as coleções, salas de estudo e áreas de arquivo seguras para obras e manuscritos raros.

akc-uk-180903_0197_r.jpg

Os jardins e pátios do Centro Aga Khan em Londres.
Copyright: 
AKDN / John Sturrock

O Centro Aga Khan vai ajudar a relacionar o público com problemas de desenvolvimento global e ao trabalho da Fundação Aga Khan para melhorar a qualidade de vida das pessoas de qualquer fé religiosa e origem em algumas das comunidades mais desfavorecidas a nível mundial.

Este centro foi concebido para representar os valores de abertura, diálogo e respeito por pontos de vista diferentes (pluralismo). Uma característica distintiva do Centro Aga Khan são os seis jardins, pátios e terraços inspirados na paisagem islâmica de Espanha, Médio Oriente e Norte de África até à Ásia Central e do Sul. As visitas aos jardins estão abertas ao público em horários agendados.

O Victoria Hall King’s Cross, frente ao Centro Aga Khan, são residências que alojam estudantes do IIS e do AKU-ISMC, bem como a alunos que estudam em Londres. Victoria Hall inclui também duas áreas ao ar livre: um pátio no primeiro andar e um jardim com terraço no oitavo piso, ambos concebidos por Vladimir Djurovic, que concebeu também o Parque Aga Khan em Toronto. Os oito jardins no Centro Aga Khan e Victoria Hall, assim como os dois jardins públicos, formam uma faixa verde que pretende refletir a grande diversidade de culturas no mundo islâmico.

iis-uk-building_kings_cross_chuftoncrow_062_r.jpg

Os jardins da residência de estudantes, em Londres.
Copyright: 
Hufton + Crow