Está aqui

Está aqui

  • Em 2008, a AKDN, em parceria com o governo afegão, iniciou a restauração da Cidadela de Ikhtyaruddin em Herat.
    AKDN / Simon Norfolk
  • Restauração do histórico Santuário de Khwaja Parsa na Cidade Velha de Balkh, província de Balkh, Afeganistão.
    AKDN / Simon Norfolk
  • A casa Akram restaurada no bairro histórico de Ashiqan wa Arifan, Cabul, Afeganistão, que vem sendo usada para formação vocacional, como parte de uma iniciativa socioeconómica mais ampla no Distrito 1.
    AKDN / Christian Richters
  • O Bagh-e Babur (Jardim de Babur), Cabul, Afeganistão.
    AKDN / Simon Norfolk
  • Túmulo de Babur restaurado, Bagh-e Babur, Cabul, Afeganistão.
    AKDN / Christian Richters
Desenvolvimento cultural - Visão geral

As atividades de desenvolvimento cultural da AKDN visam conservar e restaurar o património cultural do Afeganistão, estimulando o desenvolvimento económico local e melhorando a qualidade de vida das pessoas que vivem nos bairros vizinhos. 

Cabul

Em 2002, a AKDN iniciou a reabilitação de Bagh-e-Babur, um jardim murado e escalonado que contém o túmulo de Babur, o fundador do Império Mogol. As melhorias da AKDN incluem a restauração das muralhas e do Palácio da Rainha, a reconstrução de canais de água, de um caravançarai para tenha espaço para o centro de visitantes, lojas e escritórios, e a replantação de árvores favorecidas pelos mogóis. Também foi levada a cabo uma série de atividades de modernização comunitária, melhorando as instalações de água e saneamento para 10 000 habitantes da área residencial em redor, a qual tem sido alvo de iniciativas conjuntas de planeamento com o Município de Cabul. 

A AKDN restaurou um imponente mausoléu do século XIX no centro de Cabul, sobre o túmulo de Timur Shah, o rei que tornou Cabul na capital afegã em detrimento de Kandahar. O espaço aberto em redor foi recuperado e ajardinado para dar origem a um parque verde no coração da cidade. 

Desde 2003, os bairros da cidade velha de Cabul danificados pela guerra têm sido o alvo de um programa da AKDN (o Fundo Aga Khan para a Cultura - AKTC) para conservar edifícios históricos importantes, incluindo casas, mesquitas, santuários e instalações públicas. As obras de modernização também melhoraram as condições de vida de cerca de 15 000 habitantes da cidade velha, nos bairros de Asheqan wa Arefan, Chindawol e Kuche Kharabat.

aktc-afghanistan-baghebabur1144_r.jpg

O Bagh-e Babur (Jardim de Babur), Cabul, Afeganistão.
Copyright: 
AKDN / Simon Norfolk
Até 2016, o AKTC tinha:  
  • restaurado 12 edifícios residenciais e 15 edifícios públicos históricos; 

  • reabilitado três áreas abertas públicas (incluindo o Jardim de Chihilsitoon, ainda em curso); 

  • pavimentado mais de 22 000 metros quadrados de vielas, passagens pedonais e ruas; 

  • melhorado 134 casas através de subsídios e apoio técnico; 

  • formado 5454 jovens em carpintaria, escultura em madeira, alvenaria, rebocamento tradicional, alfaiataria, bordados, tecelagem de carpetes e kilins, horticultura e alfabetização; 

  • gerado mais de 915 000 dias de trabalho para mão-de-obra qualificada e não qualificada. 

Para mais informações, consulte: Restauração em Cabul

Herat

Em Herat, no oeste do Afeganistão, tem sido levada a cabo, desde 2005, uma série de trabalhos de documentação, conservação e modernização em zona históricas da cidade velha. Estes trabalhos foram acompanhados por iniciativas de apoio no melhoramento da gestão urbana e da governação da cidade. Para além disso, foram realizados trabalhos de restauração num importante complexo de santuários Timurid em Gazorgah, a nordeste da cidade. 

aktc-afghanistan-170043.jpg

A Cidadela recuperada de Herat, no Afeganistão.
Copyright: 
AKDN / Simon Norfolk
Até 2016, o AKTC tinha: 
  • preservado 40 edifícios públicos e monumentos; 

  • pavimentado cinco áreas públicas abertas; reabilitado 35 000 m² de vielas, passagens pedestres e ruas; reabilitado sete casas; 

  • melhorado 60 casas através de subsídios e apoio técnico; 

  • formado 75 aprendizes ensinados por 15 mestres artesãos; formado 120 trabalhadores qualificados; formado 30 jovens como carpinteiros, pedreiros e fabricantes de vidro; e 

  • gerado mais de 507 000 dias de trabalho para mão-de-obra qualificada e não qualificada. 

Para mais informações, consulte: Restauração em Herat.

Balkh

O AKTC também esteve envolvido em várias iniciativas de revitalização em Balkh, incluindo a Mesquita de Noh Gumbad e o santuário de Abu Nasr Khwaja Parsa. 

aktc-afghanistan-169801.jpg

Obras de restauro na Mesquita de Noh Gunbad, em Balkh, no Afeganistão
Copyright: 
AKTC
Até 2016, tinha: 
  • preservado 12 monumentos; 

  • reabilitado dois espaços abertos públicos; 

  • pavimentado mais de 10 000 metros quadrados de vielas, passagens pedonais e ruas; 

  • apoiado a formação de 68 aprendizes por 10 mestres artesãos no âmbito de iniciativas de conservação; 

  • formado 110 homens como carpinteiros, pedreiros e fabricantes de mosaicos e 47 jovens mulheres em costura; e 

  • gerado mais de 170 000 dias de trabalho para mão-de-obra qualificada e não qualificada. 

Para mais informações, consulte: Restauração em Balkh.

Música tradicional 

aktc-afghanistan-music-heritage-169909.jpg

Recital público de músicos da Iniciativa Aga Khan para a Música (AKMI).
Copyright: 
AKTC
Noutra iniciativa para preservar e desenvolver o património cultural do Afeganistão, a AKDN criou duas escolas de música clássica afegã em Cabul e Herat. As perturbações da guerra ameaçaram o desaparecimento da tradição da música clássica do país. Segundo o modelo de formação de Ustad-Shagird, iniciado em 2003, os professores de música ensinam alunos selecionados pelo mérito para preservar e transmitir esta tradição musical. Os instrumentos ensinados incluem o rebab, a dilruba, a sarinda, o dutar e o sitar.