Está aqui

Está aqui

  • Formação em curso no Centro de Apicultura em Takhar, Afeganistão.
    AKDN / Farzana Wahidy
  • Formação em curso no Centro de Processamento de Fruta em Takhar - No Afeganistão rural, a Fundação Aga Khan oferece formação profissional relevante a homens e mulheres - muitos dos quais são refugiados retornados - com o intuito de aumentar a sua empregabilidade e empreendedorismo.
    AKDN / Farzana Wahidy
  • No Afeganistão rural, a Fundação Aga Khan já realizou mais de 630 Campanhas Integradas de Gestão de Cultivos em todas as regiões-alvo, com o objetivo de promover uma produção agrícola sustentável. Mais de 27.500 agricultores (32% mulheres) beneficiaram com estas campanhas, que incluíram a promoção de podadura, enxertia, germinação e controlo de pragas.
    AKDN / Farzana Wahidy
  • Os formandos aprendem a produzir mel puro no Centro de Processamento de Mel em Takhar, Afeganistão. Em 2017, mais de 1.100 homens e mulheres jovens (78% mulheres) receberam formação profissional direcionada para o mercado em 14 áreas diferentes, incluindo construção, serviços, artesanato e agricultura. Cerca de 75% dos formandos encontraram emprego ou abriram os seus próprios negócios.
    AKDN / Farzana Wahidy
  • No Afeganistão rural, a Fundação Aga Khan trabalha com as comunidades para construir instituições da sociedade civil e de administração que sejam inclusivas, apoiantes dos mais carenciados, participativas e responsáveis ao nível das aldeias, aglomerados, distritos e províncias. Estas organizações adotam formas democráticas de administração que incentivam os habitantes locais a impulsionar o seu próprio desenvolvimento.
    AKDN / Farzana Wahidy
Agricultura e segurança alimentar

A Fundação Aga Khan (AKF) está presente no Afeganistão desde 2002. Implementa atividades de governança participativa e gestão de recursos naturais, entre outras atividades.