Está aqui

Está aqui

As Montanhas Pamir do Tajiquistão: um destino turístico ecológico premiado

 

A Associação de Turismo Ecocultural de Pamir (PECTA) foi criada em 2008 com o apoio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento das Sociedades de Montanha (MSDSP), um projeto da Fundação Aga Khan. O objetivo é ajudar a mitigar a pobreza de uma forma que não seja apenas eficaz, mas também sustentável. Isto está a ser feito através da promoção da região como um novo destino turístico. Também está a apoiar a população local das aldeias remotas montanhosas do Oblast Autónomo de Gorno-Badakhshan (GBAO), ajudando-as a desenvolver conjuntos de competências importantes para o sector do turismo. Atualmente, a PECTA tem 22 membros: 14 operadores turísticos e 8 prestadores de serviços. Para além disso, a PECTA está a trabalhar com outros operadores turísticos, prestadores de serviços, proprietários de casas, motoristas, guias, porteiros e outros sectores relevantes no GBAO. Das mais de 150 casas a operar atualmente no GBAO, cerca de 90% pertencem a mulheres, que com este novo tipo de negócio estão a gerar rendimentos adicionais para as suas famílias.

As Montanhas Pamir do Tajiquistão conquistaram o 1.º lugar na categoria Melhores da Ásia-Pacífico nos Prémios ITB Berlin dos 100 Melhores Destinos Sustentáveis 2018.