Está aqui

Está aqui

  • Através do Projeto de Fortalecimento da Formação de Professores, a AKU deu orientação a professores de 110 escolas primárias e básicas nas áreas rurais do Baluchistão e Sinde, melhorando as suas competências básicas e criando impacto na qualidade da educação de 27 000 estudantes.
    AKU / Gary Otte
Instituto para o Desenvolvimento Humano

Uma série de investigações no campo do desenvolvimento da primeira infância deixou claro que os primeiros anos de vida têm um papel excecionalmente importante na determinação das perspetivas futuras de uma pessoa. Com o lançamento do seu Instituto para o Desenvolvimento Humano (IHD) em 2015, a AKU está a trabalhar para dar uma contribuição significativa para esta área em crescimento, reconhecendo o potencial do investimento nos primeiros anos como forma de conseguir um grande impacto a baixo custo no mundo em desenvolvimento.  

A maior parte do que se sabe acerca do desenvolvimento infantil vem de investigações centradas nos 10% da população mundial que vive em países ricos. Assim, há uma grande necessidade de realizar estudos que procurem descortinar aquilo que pode funcionar a nível de desenvolvimento infantil num contexto de países do mundo em desenvolvimento, para que os governos, as organizações não-governamentais, o sector privado e a sociedade civil possam fazer investimentos baseados em provas concretas. 

O Instituto ajuda a preencher esta lacuna, reunindo investigadores, profissionais e estudantes de toda a Universidade e de toda a Rede Aga Khan de Desenvolvimento; capitalizando a reconhecida experiência da AKU na investigação sobre saúde materno-infantil; criando espaço para atividades que cruzem as fronteiras de determinadas disciplinas e áreas; e colaborando com parceiros em todo o mundo. Procura também gerar novos conhecimentos através da investigação básica e aplicada; da aplicação do conhecimento adquirido através da investigação para atualizar programas, serviços e práticas no seio das comunidades; da influência sobre a formulação e implementação de políticas que colham os benefícios da investigação sistemática produzida no Instituto e noutros locais; e da apresentação de programas educacionais de capacitação de uma vasta gama de especialistas e profissionais da área de desenvolvimento humano. 

Com o apoio financeiro do Governo do Canadá e da Fundação Aga Khan Canadá, o Instituto está a levar a cabo uma série de estudos sobre desenvolvimento infantil em parceria com universidades canadianas. Entre os temas explorados pelos investigadores estão o panorama da educação infantil na Tanzânia, assistência, em povoados informais no Quénia, a crianças de pais que trabalham, e uma alfabetização e predisposição escolar precoces no Paquistão. 

Com financiamento da Fundação Conrad N. Hilton, o Instituto oferece um programa educacional na área do desenvolvimento da primeira infância, que beneficia organizações comunitárias em cinco países africanos que prestam cuidados a crianças afetadas pelo VIH e pela SIDA. Os investigadores da universidade também estão a investigar o potencial dos agentes de saúde comunitários no incremento da sobrevivência infantil e do desenvolvimento neurológico nas zonas rurais do Quénia, distribuindo um "estojo de ferramentas" aos pais e ensinando-lhes técnicas mais interativas de cuidado infantil.