Está aqui

Está aqui

  • Programas do Mestrado em Jornalismo Digital, Universidade Aga Khan, Escola Superior de Média e Comunicação (AKU-GSMC).
    AKU
  • A Escola Superior de Média e Comunicação em Nairobi, no Quénia, promove um setor de média e comunicações independente, responsável e socialmente diversificado.
    AKDN / Teddy Mitchener
  • A AKU GSMC anuncia cursos destinados a melhorar a liderança em África.
    AKU
  • Curso de fotojornalismo na Universidade Aga Khan, Escola de Pós-graduação de Média e Comunicações (AKU-GSMC).
    AKU
  • Universidade Aga Khan, Escola Superior de Média e Comunicação (AKU-GSMC).
    AKU
Escola Superior de Média e Comunicação

A Escola Superior de Média e Comunicação, com sede em Nairobi, oferece aos jornalistas e profissionais da área de comunicação a hipótese de aprender com os profissionais de algumas das principais organizações de média e comunicação do mundo. 

A Escola Superior de Média e Comunicação (GSMC) foi criada em 2015 em Nairobi, no Quénia, como a primeira das sete Escolas Superiores Profissionais da AKU. 

A GSMC pretende ser a principal fonte de ensino e formação personalizada para jornalistas, comunicadores e executivos e empresários da área dos média na África Oriental e não só. Esta procura promover um setor de média e comunicação que seja ético, diverso, independente, inovador e economicamente dinâmico, e que contribua para a criação de sociedades prósperas e sustentáveis ​​numa era de rápidas mudanças. 

A África Oriental precisa do tipo de jornalismo que eleva o nível do debate, que ajuda os cidadãos a cumprir as suas responsabilidades cívicas e que destaca os desafios antes que estes se transformem em crises. Necessita de repórteres com experiência em tópicos fundamentais, como negócios, ambiente e desenvolvimento. Precisa de empresas de média que invistam na criação de conteúdos de qualidade e que sirvam o interesse geral sem medos nem favorecimentos. E precisa de profissionais de comunicação que consigam furar a confusão de um panorama de média cada vez mais congestionado com mensagens atraentes que estimulem a ação e criem valor. Ao ajudar na formação de um sector de média e comunicação nestes moldes, a GSMC irá criar uma diferença duradoura na África Oriental e não só. 

Liderada pelo Reitor Fundador Michael Meyer, - ex-chefe de redação da agência Newsweek e diretor de comunicações do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon - a GSMC tem vindo a recrutar jornalistas atuais e antigos do Financial Times, Washington Post, BBC, CNN, Standard Media Group, Business Daily of Kenya e outras empresas de média para a sua sede de última geração em Nairobi para ministrar cursos rápidos de Desenvolvimento Profissional a repórteres e editores em atividade. Os cursos têm uma duração entre um dia e dois meses e abrangem uma vasta gama de temas, incluindo o uso de smartphones para produzir vídeos de alta qualidade, cobrindo as indústrias mineiras e de energia e o marketing nas redes sociais. 

Será lançado em breve o Mestrado em Jornalismo Digital e o Mestrado Executivo em Liderança e Inovação nos Média. O Mestrado irá preparar jornalistas para aproveitar as muitas oportunidades da era digital, providenciar uma cobertura sofisticada dos principais temas e manter os mais altos padrões éticos. O Mestrado Executivo destina-se a responder às necessidades de empresas de média e comunicação do mundo em desenvolvimento num momento de transformação digital, através de um currículo ministrado por importantes executivos e académicos internacionais e da África Oriental.