Está aqui:

Está aqui:

  • Os desastres naturais têm um grande impacto nas comunidades carenciadas. Para além da perda de vidas, o desaparecimento dos ativos de todo um ano pode perpetuar a pobreza. A AKDN reforça a resiliência das comunidades em regiões propensas a desastres, instalando sistemas de pré-aviso, transferindo casas e escolas para áreas mais altas, armazenando bens essenciais e formando equipas locais de resposta a emergências, como esta equipa, formada pela Agência Aga Khan para o Habitat, durante um exercício de formação perto de Dushanbe, Tajiquistão.
    AKDN
  • Equipas de Resposta a Emergências Escolares (SERT) participam numa simulação de busca e salvamento como parte da sua formação de capacitação. Mais de 50% dos membros das SERT são mulheres.
    FOCUS
  • No Tajiquistão, os geólogos da FOCUS identificam e mapeiam os riscos naturais locais.
    FOCUS
  • Escola reabilitada pela Focus e construída utilizando uma estrutura antissísmica especial em Sadnay, Oblast Autónomo de Gorno-Badakhshan, Tajiquistão.
    AKDN / Jean-Luc Ray
  • Nas áreas de alta montanha de Badakhshan, Tajiquistão, a FOCUS trabalha com as comunidades locais para construir canais de irrigação, caminhos e outros projetos estruturais de mitigação que protejam as comunidades dos efeitos de avalanches, inundações, deslizamentos de terras e quedas de rochas.
    FOCUS
Preparação para desastres

Um âmbito significativo do trabalho da Agência Aga Khan para o Habitat (AKAH) concentra-se em iniciativas comunitárias de redução do risco de desastres (RRD) e na gestão de emergências após ocorrerem os desastres. Os esforços em aumentar a consciencialização acerca do risco de desastres em comunidades que vivem em áreas urbanas e rurais têm como objetivo fortalecer as capacidades das populações locais de modo a estarem mais bem preparadas e mais resistentes perante os riscos naturais predominantes nas respetivas regiões. 

Metodologia da AKAH nos programas de Gestão de Risco, Preparação e Resposta em Situações de Desastre: 

Em colaboração com governos e comunidades locais, a AKAH implementa uma vasta gama de programas de redução do risco de desastres (RRD), particularmente na Ásia do Sul e Central. Os programas de RRD incluem formação sobre preparação para desastres, formação especializada e iniciativas de consciencialização, avaliações de risco e projetos de mitigação de pequena escala para todos os níveis de estruturas comunitárias e institucionais, como a construção de barreiras de contenção contra inundações, o reforço de pontes pedestres e rodoviárias e a criação de canais de irrigação. 

Em parceria com as comunidades locais, a AKAH também procedeu à relocalização de edifícios vulneráveis ​​em regiões de risco sísmico - como escolas e unidades de saúde - construindo igualmente vias de evacuação, portos seguros e reservas de bens de primeira necessidade para uso das comunidades locais. 

Ao investir na formação de profissionais e voluntários locais com base na comunidade, a AKAH consegue aumentar a capacidade de resposta local, particularmente em áreas remotas de alta montanha. Através dos seus programas de RRD, a AKAH ajuda as comunidades vulneráveis ​​a conseguir uma resposta pronta às emergências e sem recorrer exclusivamente à ajuda humanitária. Tal permite que os voluntários formados sejam os primeiros socorristas em caso de desastre e, mais importante, que se aproveite o seu conhecimento local do terreno, da língua e da cultura. 

As equipas de Gestão de Emergência preparam-se para responder a desastres enquanto procedem a avaliações de risco e perigosidade.  Estas também trabalham para melhorar a antecipação dos riscos através da criação de Sistemas de Pré-aviso (Early Warning Systems - EWS).  A AKAH já formou mais de 36 000 voluntários na resposta e gestão de desastres por todo o Paquistão, e muitos mais nos outros países onde opera.  Pelo seu trabalho no Paquistão, recebeu o prémio Sitara-i-Eisaar, entregue pelo governo do Paquistão em reconhecimento pela assistência humanitária prestada durante o Terramoto da Caxemira em 2005. 

focus-tajikistan-mitigation_project.jpg


Nas áreas de alta montanha de Badakhshan, Tajiquistão, a FOCUS trabalha com as comunidades locais para construir canais de irrigação, caminhos e outros projetos estruturais de mitigação que protejam as comunidades dos efeitos de avalanches, inundações, deslizamentos de terras e quedas de rochas.